Leia também:
X STJ adia julgamento de recurso de Lula no caso tríplex

Justiça federal adia análise sobre afastamento de Salles do cargo

Pedido foi feito pelo MPF e deve ser analisado pelo TRF-1 na próxima semana

Henrique Gimenes - 27/10/2020 16h36 | atualizado em 27/10/2020 21h22

Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles Foto: Alesp

A Justiça Federal decidiu adiar a análise de um pedido de afastamento do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, de seu cargo. O caso seria julgado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) nesta terça-feira (27), mas a Corte transferiu a análise para a próxima terça (3).

O caso em questão trata de um pedido feito pelo Ministério Público Federal (MPF), que quer o afastamento de Salles por considerar que ele promoveu uma “desestruturação dolosa das estruturas de proteção ao meio ambiente”.

O pedido chegou a ser negado, no dia 14 deste mês, pelo juiz Márcio de França Moreira, da 8ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal. O magistrado afirmou que o ministro só poderia ser afastado do cargo se houvesse provas de sua permanência poderia atrapalhar o andamento de uma ação civil pública. O juiz, no entanto, considerou que não há nenhuma “prova cabal” de que manter Salles na Pasta irá trazer algum prejuízo.

O MPF, no entanto, entrou com recurso que será analisado pelos desembargadores da 3ª Turma do TRF-1. Salles negou as acusações do MPF.

Leia também1 "Uma boa conversa apazigua as diferenças", avalia Ramos
2 Eduardo: 'Tem gente que é expert em tentar destruir o governo'
3 Salles sobre Ramos: "Apresentei minhas desculpas pelo excesso"
4 'Não tem briga nenhuma', diz Ramos sobre relação com Salles
5 Deputados criticam Maia por opinar em assunto do Executivo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.