Leia também:
X Museu da Língua Portuguesa usa “todes” em publicação no Twitter

Joice mostra fraturas e diz ter sido vítima de atentado

Deputada acionou a Polícia Legislativa e passará a andar armada

Ana Luiza Menezes - 22/07/2021 20h40 | atualizado em 22/07/2021 20h55

Joice Hasselmann Foto: Reprodução

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disse que foi vítima de um atentado ocorrido no último sábado (17), no apartamento funcional onde vive, em Brasília. Ela revelou que não se lembra de ter sido agredida, mas acordou em meio a uma poça de sangue, com cinco fraturas no rosto e uma na costela.

De acordo com o relato, a parlamentar também ficou com um dente quebrado e teve o queixo cortado.

– Acordei em uma poça de sangue sem saber quanto tempo fiquei desacordada. A hipótese que eu mais acredito é que sofri um atentado – falou ela à colunista Bela Megale, do jornal O Globo.

O caso foi revelado nesta quinta-feira (22). Joice contou que acionou a Polícia Legislativa para investigar o caso.

Inicialmente, a deputada pensou que tinha se machucado ao cair após um desmaio. Porém, ela viu fraturas em várias partes do rosto e do corpo.

– É improvável que eu tenha conseguido cair de jeitos diferentes para lesionar tantas partes do meu corpo. Um dos médicos que me atendeu perguntou se eu levei chutes. Mas não posso acusar sem provas. Não me lembro de nada – disse ela.

Hasselmann disse que foi socorrida pelo marido, o neurocirurgião Daniel França, que a levou para o quarto e fez curativos.

Na terça-feira (20), a parlamentar foi atendida por uma junta de dentistas e foi submetida a exames no Hospital Sírio-Libanês, em Brasília, onde as lesões foram constatadas.

Ela reportou o caso ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e falou sobre sua suspeita de agressão.

– Já estou em contato com a Polícia Legislativa. Eles vão investigar o caso e solicitarão as imagens das câmeras do prédio para analisar a movimentação. Já fiz esse pedido aos policiais. Amanhã eu prestarei depoimento e indicarei testemunhas, como meu marido, funcionários da casa e porteiros do prédio.

Imagens das câmeras de segurança do prédio já foram solicitadas pela Polícia Legislativa, segundo informou o vigia do local.

Por conta do ocorrido, Joice não dorme mais sozinha no imóvel e levou seu segurança particular para Brasília.

Além de ter trocado as fechaduras, a deputada disse que passará a andar armada.

– Só preciso fazer a prova de tiro para ter a minha posse de arma. Comprei uma pistola Glock e ela não vai sair do meu lado, nem na hora de dormir.

Leia também1 Após fala contra corrupção, Malafaia é denunciado por “crime eleitoral”
2 Oposição quer convocação de Braga Netto para "explicações"
3 Miranda: Weber quer parecer da PGR sobre investigação
4 Gilmar: 'Não há espaço para coações autoritárias armadas'
5 Jefferson chama embaixador chinês de 'vagabundo' e 'pilantra'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.