Leia também:
X Inserções: Moraes dá 24h para Bolsonaro mostrar provas sérias

Jefferson diz à PF que atirou 50 vezes contra policiais

Ex-deputado também pediu desculpas aos feridos

Pleno.News - 24/10/2022 21h49 | atualizado em 25/10/2022 11h28

Roberto Jefferson (PTB) Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Após o episódio ocorrido neste domingo (23), o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB) prestou depoimento à Polícia Federal (PF) e falou sobre os tiros que disparou depois de agentes da Polícia Federal (PF) tentarem prendê-lo. De acordo com o site Metrópoles, Jefferson afirmou que jogou três granadas contra a PF e que só sairia de casa morto.

O ex-parlamentar reagiu com tiros e granadas ao cumprimento de uma decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). O magistrado suspendeu a prisão domiciliar de Jefferson e determinou nova prisão após ele publicar um vídeo com críticas à ministra Cármen Lúcia, do STF.

Em seu depoimento, Jefferson disse que “se quisesse, matava os policiais, pois estava em posição superior e com fuzil com mira (…) que jogou três granadas, uma na frente da viatura, uma atrás da viatura quando os policiais saíram e uma dentro de casa para assustar o policial que estava dentro da residência”.

Além disso, o ex-deputado disse que disparou 50 tiros contra os feridos. Jefferson também pediu desculpas aos feridos.

Leia também1 2023 terá 12 feriados, sendo cinco prolongados; confira lista!
2 Agente ferida por Jefferson NÃO estava grávida ou perdeu bebê
3 Veículos credenciados pelo TRE-RJ exibem adesivos de Lula
4 Prefeitura de SP libera passe livre para transporte no 2º turno
5 Menino de 12 anos morre após cruzar linha de chegada

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.