Leia também:
X Sertanejo é encontrado 24 dias após queda de avião em mata

Jair Bolsonaro: “Vamos mandar o comunismo embora do Brasil”

Declaração foi "recado" ao governador Flávio Dino, do Partido Comunista do Brasil

Gabriela Doria - 29/10/2020 19h22 | atualizado em 30/10/2020 08h22

Presidente Jair Bolsonaro viajou ao Maranhão nesta quinta-feira Foto: PR/Alan Santos

Em visita à Imperatriz, no Maranhão, nesta quinta-feira (29), o presidente Jair Bolsonaro deu um duro recado ao governador Flávio Dino, do Partido Comunista do Brasil. Segundo o presidente, ele irá “mandar o comunismo embora do Brasil”.

– Amigos do Maranhão, meus irmãos de Imperatriz, não tem preço estar no meio de vocês, vocês povo esse que devemos a mais absoluta lealdade. Podem ter certeza eu vim também, obviamente pela graça de Deus e pelas mãos de muitos de vocês e nós vamos, num curto espaço de tempo, mandar embora o comunismo do Brasil. Nós não aceitamos esse regime ditatorial, onde o povo não tem vez. Nós somos a liberdade. Nós somos aqueles que não tem medo da verdade. Junto com vocês, nós construímos um novo Brasil – disse Bolsonaro, recebendo aplausos de apoiadores.

Bolsonaro ainda revelou que tem um plano para o estado nordestino, especialmente para a infraestrutura.

– Pode acreditar, nós temos um plano, nós temos a continuidade daquilo que estamos fazendo e não é apenas obra não. Temos uma preocupação enorme contra aqueles que querem roubar mais que o nosso dinheiro, querem roubar a nossa liberdade. Essa nossa bandeira sagrada jamais será turvada de vermelho. Esse estado rico, promissor e com povo maravilhoso ocupará seu lugar de destaque no Brasil. Acredito no povo do Maranhão, acredito no potencial da sua gente e na riqueza do seu solo. Juntos nós transformaremos esse país – prometeu.

Bolsonaro viajou ao estado para acompanhar obras em São Luís e em Imperatriz. Ele também fez uma parada não programada em Bacabeira, onde conversou com apoiadores e tomou o famoso guaraná Jesus.

Leia também1 No Maranhão, Bolsonaro visita obras e volta a ser ovacionado
2 Márcio França: "Esquerda não quer ganhar eleição, quer lacrar"
3 Campanha de Boulos já é mais cara que campanha de Bolsonaro
4 Heleno faz aniversário e ganha festa de Bolsonaro e ministros
5 Bolsonaro não descarta que Covid tenha sido 'arma biológica'

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.