Leia também:
X Covid-19: 711 pessoas morreram no DF após 1ª dose de vacina

Jair Bolsonaro mostra que tinha razão sobre crise na Argentina

Em 2019, presidente afirmou que se "esquerdalha" vencesse eleições, o povo argentino fugiria para o Brasil

Pleno.News - 21/07/2021 21h37

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR

Nesta quarta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para comparar notícias a respeito da Argentina. Ele expôs uma reportagem de 2019, que citou sua fala a respeito do risco que a população do país vizinho corria diante da eleição de Alberto Fernández.

Na época, a manchete destacava que segundo Bolsonaro argentinos fugiriam para o Brasil se a ‘esquerdalha’ voltasse ao poder no país vizinho. A declaração do presidente brasileiro foi dada durante um evento em Pelotas (RS).

— Povo gaúcho, se essa esquerdalha voltar aqui na Argentina, nós poderemos ter, sim, no Rio Grande do Sul, um novo estado de Roraima. E não queremos isso: irmãos argentinos fugindo pra cá, tendo em vista o que de ruim parece que deve se concretizar por lá caso essas eleições realizadas ontem se confirmem agora no mês de outubro — disse Bolsonaro. — Não se esqueçam que aqui mais ao Sul, na Argentina, o que aconteceu nas eleições de ontem. O que aconteceu nas eleições de ontem…. A turma da Cristina Kirchner, que é a mesma da Dilma Rousseff, que e a mesma de [Nicolás] Maduro e [Hugo] Chávez, e Fidel Castro, deram sinal de vida aqui – disse Bolsonaro, na ocasião.

Já nesta quarta-feira, ele comparou a notícia com o recente relato da Jovem Pan, a respeito do aumento de famílias argentinas vindo para o Brasil para escapar da crise econômica.

Publicação do presidente Foto: Reprodução

Leia também1 Argentina inclui gênero não binário em documento de 'RG'
2 Fugindo da crise, argentinos buscam nova vida no Brasil
3 Fim de jogo entre Boca Juniors e Atlético-MG é marcado por briga
4 Covid: Anvisa libera estudo com remédio apoiado por Bolsonaro
5 Argentina recebe 3,5 milhões de vacinas doadas pelos EUA

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.