Leia também:
X Mourão sobre caso Covaxin: ‘Essa montanha vai parir um rato’

Jair Bolsonaro comenta saída de Salles: ‘Não é fácil ser ministro’

Presidente afirmou não saber motivo que levou ex-ministro a deixar o cargo

Pleno.News - 25/06/2021 14h24 | atualizado em 25/06/2021 14h35

Presidente Jair Bolsonaro e o ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles Foto: PR/ Alan Santos/ Clauber Cleber Caetano

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta sexta-feira (25) não saber os motivos por que Ricardo Salles pediu demissão do cargo de ministro do Meio Ambiente, mas o elogiou por acabar com a “sanha de multar no campo”.

– Não perguntei a causa [do pedido de demissão]. Não é fácil ser ministro. É uma tremenda responsabilidade. O Salles é um dos grandes responsáveis pelo sucesso da agricultura do Brasil. Você não vê mais aquela sanha de multar no campo. A multa existe. Tem que ser aplicada. Mas não é a primeira arma a ser usada – disse Bolsonaro a jornalistas.

O ex-ministro é alvo da operação Akuanduba, da Polícia Federal, que o investiga por facilitar exportação ilegal de madeira para os Estados Unidos e para a Europa. Além de Salles, dez gestores do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) foram afastados do cargo.

Bolsonaro também reafirmou o distanciamento entre ele e o vice-presidente Hamilton Mourão, que recentemente se queixou de ser excluído de reuniões do governo.

– Não tenho nada a ver com o Mourão. O Mourão tem a vida política dele – disse.

O presidente da República atacou novamente jornalistas, ao ser perguntado sobre o motivo de o governo brasileiro não ter comprado vacinas quando teve ofertas da farmacêutica Pfizer.

– Parem de fazer perguntas idiotas. Onde é que tem vacina para atender todo o mercado aqui ou em qualquer outro lugar do mundo? Nasçam de novo. Ridículo! – disse Bolsonaro aos gritos.

*AE

Leia também1 Mourão sobre caso Covaxin: 'Essa montanha vai parir um rato'
2 Defesa de Daniel Silveira paga fiança de R$ 100 mil
3 Supremo determina apreensão do passaporte de Ricardo Salles
4 Guedes confirma que isenção do IRPF vai subir para R$ 2,5 mil
5 Bolsonaro volta a se irritar com repórter: 'Volta pra faculdade'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.