CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Feliciano: “A esquerda nos acusa daquilo que eles fazem”

Internet celebra operação e manda recado: #DerreteMBL

Usuários comentaram a prisão por lavagem de dinheiro de empresários ligados ao movimento

Henrique Gimenes - 10/07/2020 14h34 | atualizado em 11/07/2020 09h40

Nesta sexta-feira (10), usuários de redes sociais se uniram para celebrar uma operação da Polícia Civil, Ministério Público e Receita Federal em São Paulo que prendeu dois participantes do Movimento Brasil Livre (MBL). No Twitter, manifestantes levaram a #DerreteMBL aos assuntos mais comentados da rede social.

Os empresários Alessander Mônaco Ferreira e Carlos Augusto de Moraes Afonso são investigados por suspeita de desviar mais de R$ 400 milhões de empresas, segundo a polícia. De acordo com o MP paulista, além da investigação por lavagem de dinheiro, os dois teriam cometido crime de ocultação de patrimônio.

Nas publicações, críticos do MBL apontaram uma hipocrisia no discurso anticorrupção de integrantes do Movimento. Eles também falaram sobre uma relação entre o governador de São Paulo, João Doria, e o MBL.

Leia também1 MP: Família fundadora do MBL deve R$ 400 milhões ao Fisco
2 Integrantes do MBL são presos por lavagem de dinheiro
3 Ex-secretário de Saúde da gestão Witzel é preso no RJ
4 Bolsonaro nega que tenha pedido demissão de Gentili
5 Eduardo Bolsonaro a Marcelo Freixo: "Nos vemos na justiça"

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo