Leia também:
X Procuradora desqualifica STF e defende manifestações

Hoffmann dispensa e ataca fala de Edir Macedo sobre “perdão”

"Dispensamos o perdão de Edir Macedo"

Natalia Lopes - 04/11/2022 13h00 | atualizado em 04/11/2022 13h20

Gleisi Hoffmann Foto: EFE/ Sebastiao Moreira

Nesta sexta-feira (4), a presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, atacou o bispo Edir Macedo. Em post nas suas redes sociais, Hoffmann afirmou que a sigla dispensa o perdão do religioso.

– Dispensamos o perdão de Edir Macedo. Ele é quem precisa pedir perdão a Deus pelas mentiras que propagou, a indução de milhões de pessoas a acreditarem em barbaridades sobre Lula e sobre o PT, usando a igreja e seus meios de comunicação para isso. A nossa consciência está tranquila.

Postagem de Gleisi Hoffmann

Na quinta (3), o principal líder e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, postou um vídeo em que fala de perdão. O líder da Igreja Universal defende que a escolha da maioria foi feita e que o diabo pode se aproveitar da mágoa e insatisfação do cristão.

– A escolha foi da maioria, obviamente, que votou. Então, nós não podemos ficar com mágoa, porque é isso que o diabo quer. O diabo quer acabar com a sua fé, acabar com seu relacionamento com Deus, por causa de Lula ou dos políticos. Não dá, não dá. Bola para a frente, vamos olhar para a frente – afirmou.

O líder religioso está em Genebra e contou o caso de uma fiel local. De acordo com ele, a mulher orou por perdão a Lula durante um culto: “Foi maravilhoso, é bacana”, disse.

O bispo ressaltou que orou pela vitória de Jair Bolsonaro (PL), a quem ele apoia desde as eleições de 2018, mas que foi feita a vontade de Deus.

– Deus fez a vontade dele. Eu pedi para ele fazer a vontade dele, e ele fez. Graças a Deus.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Edir Macedo (@bispomacedo)

Leia também1 Procuradora desqualifica STF e defende manifestações
2 Equipe de Lula se movimenta para tornar Bolsonaro inelegível
3 Gleisi e Mercadante participam de reunião do PT no Senado
4 Homem que atropelou pessoas em manifestação seguirá preso
5 Barroso é alvo de protestos e sai escoltado de cidade em SC

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.