Leia também:
X Escolas no ES: Criminoso matou dois professores e um aluno

Haddad sobre Fazenda: “Não cabe a nós nos insinuarmos”

Petista afirmou que quanto mais liberdade Lula tiver para escolher equipe, melhor

Pleno.News - 25/11/2022 16h05 | atualizado em 25/11/2022 16h39

Fernando Haddad Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT) declarou que, quanto mais liberdade der ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para escolher a nova composição do governo, “melhor”. A fala do petista ocorre em meio a especulações de que ele irá ocupar a Fazenda no novo governo.

– Não cabe a nós nos insinuarmos, nos colocarmos – declarou Haddad.

De acordo com o ex-ministro, sua presença no almoço anual de Dirigentes de Bancos da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) foi representando o presidente eleito, não a equipe de transição.

– Não falei da transição, estou falando de governo todo – disse, citando que Lula discutiu com negociadores do congresso a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição em uma reunião virtual nesta sexta-feira (25).

O ex-prefeito de São Paulo analisou que “obviamente está todo mundo preocupado” com a PEC, mas que o “diálogo é que vai culminar com definição clara”. Haddad destacou que Lula quer manter contato permanente com setor empresarial.

Ele avaliou que, “segundo economistas liberais, houve deterioração da qualidade do gasto” no governo de Jair Bolsonaro. O ex-ministro afirmou, então, que a questão será endereçada pelo Congresso e discutida “de modo democrático”.

– Será com Congresso, não é por decreto que se faz isso – disse.

O ex-ministro repetiu que, atualmente, há um problema de “focalização” no Auxílio Brasil criado neste ano, e que tal problema, segundo ele, terá que ser administrado no próximo governo.

– Podemos eliminar uma série de problemas com melhor gestão do programa – pontuou.

Sobre a gestão Bolsonaro, Haddad afirmou que “houve algo inédito” de “desorganização das contas no meio do processo eleitoral”.

Leia também1 Justiça ordena que filho de Cabral vá para presídio do pai
2 Assassino que invadiu escolas e matou três pessoas no ES é preso
3 Magistrado repudia ex-colega que defendeu prisão de Moraes
4 Petrobras já perdeu R$ 116 bi, valor que pagaria o Bolsa Família
5 Gilberto Kassab será secretário e articulador político de Tarcísio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.