Leia também:
X Servidores anunciam greve contra reabertura do INSS

Haddad evita ir a convenção na periferia e gera crise no PT

Ex-prefeito pretende participar por meio de um discurso virtual

Pleno.News - 11/09/2020 18h59 | atualizado em 11/09/2020 20h20

Ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

O ex-prefeito Fernando Haddad decidiu não participar presencialmente da convenção do PT que oficializará o nome de Jilmar Tatto como candidato a prefeito de São Paulo, neste sábado (12), o que gerou uma crise interna no partido. Dirigentes da campanha tentam convencê-lo a mudar de ideia.

Haddad disse que tem palestra para uma entidade de engenheiros marcada para as 11h deste sábado e que teria dificuldade em se deslocar para o local onde o evento ocorrerá, às 15h, no bairro de Jardim São Luiz, na Zona Sul da capital. Ele pretende participar à distância, fazendo um discurso de forma virtual. A convenção terá apenas um pequeno grupo na periferia, e será transmitida online para o restante do partido.

O PT revestiu a convenção de grande simbolismo, ao escolher uma laje na periferia para reforçar seu compromisso com a população mais pobre. Isso ocorre uma semana após o principal concorrente petista pelo voto de esquerda, Guilherme Boulos (PSOL), ter realizado sua convenção num campo de futebol no bairro do Campo Limpo, também periferia da zona sul.

participação presencial de Haddad havia sido anunciada na quinta-feira (10) pela pré-campanha petista, ao lado de Tatto, da pessoa escolhida para vice (ainda não anunciada) e do presidente municipal do partido, Laércio Ribeiro. O partido contava com uma imagem de todos em cima da laje para animar a militância. A ausência física do ex-prefeito é vista como um balde de água fria nessa estratégia.

*Folhapress

Leia também1 "Passou a chamar Bolsonaro de tirano e a defender Lula"
2 Namorado de Fátima desiste de pré-candidatura em Recife
3 RedeTV! define nova data para debate eleitoral em São Paulo
4 'Resultado indesejado?' Consulta da reeleição no Senado sai do ar
5 'Milícias digitais fazem enorme lavagem de dinheiro', diz Moraes

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.