Leia também:
X São Paulo registra “empate técnico” entre Bolsonaro e Lula

Haddad diz que Bolsonaro “reitera ameaça à Constituição”

Candidato ao governo de São Paulo participa da leitura das cartas em favor da democracia

Pleno.News - 11/08/2022 11h17 | atualizado em 11/08/2022 11h30

Fernando Haddad Foto: Reprodução/Band

O candidato ao governo de São Paulo Fernando Haddad (PT) chegou por volta das 10h desta quinta-feira (11), à Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) para participar da leitura das cartas em favor da democracia. Haddad está acompanhado da esposa, Ana Estela Haddad.

Aos jornalistas, o ex-prefeito de São Paulo afirmou que o ato desta quinta ocorre em “virtude do desrespeito do presidente Jair Bolsonaro (PL) à Constituição Federal”.

– Há uma ameaça à Constituição, reiterada por ele [Bolsonaro] todos os dias – afirmou Haddad.

Questionado se o nome do presidente será mencionado ao longo do evento, Haddad minimizou.

– Independentemente do nome estar sendo citado, ele é a maior razão de ser, porque representa, enquanto chefe do poder Executivo, uma ameaça concreta pelo estímulo à violência e intolerância – declarou.

As duas cartas em favor da democracia, uma organizada por ex-alunos da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e outra pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), serão lidas nesta manhã, em São Paulo. A cerimônia ocorre no Largo São Francisco, na USP.

Apesar de as cartas não citarem o nome de Bolsonaro, os movimentos em favor da democracia ganharam força após o chefe do Executivo levantar suspeitas sobre a credibilidade do sistema eleitoral.

O candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai ficar de fora da cerimônia. A equipe de campanha teme que sua presença partidarize a iniciativa.

*AE

Leia também1 Tarcísio responde pergunta de Haddad e alfineta petista
2 Haddad anuncia Lúcia França, ex-primeira-dama, como vice
3 Bolsonaro vai participar da Marcha para Jesus no Rio
4 São Paulo registra "empate técnico" entre Bolsonaro e Lula
5 TSE ordena exclusão de vídeos com ataque de Lula a Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.