Leia também:
X Câmara aprova projeto que cria o Dia Nacional do Cristão

Guedes rebate sindicalistas em entrevista: “Não quero falar de quem roubou a Petrobras”

Ministro discutiu após ser interrompido durante entrevista coletiva

Paulo Moura - 12/05/2022 14h52 | atualizado em 12/05/2022 16h17

Ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: ME/Ascom/Edu Andrade

O ministro da Economia, Paulo Guedes, discutiu com sindicalistas nesta quinta-feira (12) após ser interrompido enquanto concedia uma entrevista coletiva ao lado do novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida. Na conversa com jornalistas, Guedes falava da elaboração de estudos para privatização da Petrobras e da Pré-Sal Petróleo S.A (PPSA), conhecida como a estatal do pré-sal.

A discussão começou enquanto Guedes falava que o governo sempre respeitou os vencedores de eleições. Nesse momento, um sindicalista gritou: “Não, vocês não respeitam nosso povo”. Na sequência, o ministro disse então que não queria falar de “quem roubou a Petrobras”.

– Eu não quero falar de quem roubou a Petrobras, assaltou a Petrobras. Durante anos, roubaram, foram condenados, eu não quero falar isso. Eu quero simplesmente receber como um programa de governo que teve 60 milhões de votos, receber aqui um pedido do novo ministro de Minas e Energia e encaminhar o processo – declarou.

Após a fala do ministro, o sindicalista respondeu: “Destruir o patrimônio do povo brasileiro, ministro”. Guedes, porém, rebateu a declaração e afirmou que o governo vai “devolver ao povo brasileiro o que é deles”. Após essa fala, o chefe da pasta econômica encerrou a entrevista coletiva e deixou o local.

Leia também1 Campagnolo denuncia cenas "grotescas" de ato pró-aborto
2 Ana Maria exibe beijo gay no horário matinal e gera repúdio
3 Foguete do Exército se desvia de rota e cai em plantação em Goiás
4 Lula recorre a Paulinho para atrair "desgarrados" da 3ª via
5 Namorada diz que Conrado ficou abalado ao descobrir acidente

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.