Leia também:
X Cadeirante mudo assalta loja com arma nos pés. Vídeo!

GSI diz que criou as ‘melhores condições’ para a imprensa

Em nota, gabinete informou que segue "aperfeiçoando" a segurança do Palácio da Alvorada

Henrique Gimenes - 26/05/2020 16h38

Presidente Jair Bolsonaro falando com a imprensa na saída do Palácio da Alvorada Foto: Agência Brasil/Antônio Cruz

Nesta terça-feira (26), o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI) informou, em nota, que “criou as melhores condições possíveis para o trabalho dos profissionais de imprensa” na porta do Palácio da Alvorada. A declaração é uma resposta ao comunicado de quatro empresas de comunicação que suspenderam a cobertura jornalística no local ao alegar questões de segurança.

O Globo e a Folha informaram de sua decisão na noite desta segunda-feira (25), ao apontar que a crescente hostilidade dos apoiadores do presidente aos jornalistas estaria colocando em risco a segurança dos profissionais. Tanto a Folha quanto o Globo enviaram comunicado ao GSI, liderado pelo ministro Augusto Heleno, explicando as razões da suspensão da cobertura e pedindo providências para o retorno das atividades.

Em seu comunicado hoje, o GSI afirmou que “avalia ininterruptamente as condições de segurança dos locais onde o presidente esteja ou possa vir a estar” e que em “decorrência desta avaliação, implementa as medidas necessárias e suficientes para garantir a segurança adequada”.

“O GSI entende e respeita os princípios de liberdade de expressão garantidos pela legislação vigente. Assim sendo, criou as melhores condições possíveis para o trabalho dos profissionais de imprensa e, também, um espaço reservado aos apoiadores do Presidente”, explicou a Pasta.

Por fim, o gabinete afirmou que irá continuar “aperfeiçoando esse dispositivo, para que o local permaneça em condições de atender às expectativas de trabalho e de livre manifestação dos públicos distintos que, diariamente, comparecem ao Palácio da Alvorada”.

Veja a nota na íntegra:

Nota à Imprensa

Acerca da opção de determinados veículos de imprensa de não mais comparecerem ao portão do Palácio da Alvorada, o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI) esclarece que avalia ininterruptamente as condições de segurança dos locais onde o Presidente esteja ou possa vir a estar. Em decorrência desta avaliação, implementa as medidas necessárias e suficientes para garantir a segurança adequada. No caso específico do Alvorada, adotou, dentre outras, as seguintes práticas:

– Separação física, por meio de gradis, das áreas destinadas ao público em geral (visitantes) e aos repórteres.

– Registro e inspeção de todos os presentes, inclusive com passagem por detector de metal.

– Orientação quanto à utilização de EPI e manutenção de distanciamento adequado à situação do COVID-19.

– Alocação de efetivo de agentes de segurança condizente com o público presente.

Algumas medidas mais restritivas deixaram de ser tomadas, sem sério prejuízo para a segurança, em atendimento à solicitação de integrantes da imprensa, que viram, nestas medidas, óbices ao exercício de suas atividades laborais. O GSI entende e respeita os princípios de liberdade de expressão garantidos pela legislação vigente. Assim sendo, criou as melhores condições possíveis para o trabalho dos profissionais de imprensa e, também, um espaço reservado aos apoiadores do Presidente.

Continuaremos aperfeiçoando esse dispositivo, para que o local permaneça em condições de atender às expectativas de trabalho e de livre manifestação dos públicos distintos que, diariamente, comparecem ao Palácio da Alvorada.

Atenciosamente,

Assessoria de Comunicação Social do GSI Brasília, DF, 26 de maio de 2020

Leia também1 Rede Globo diz que Bonner está sofrendo intimidação
2 Globo e Folha abandonam plantão em frente ao Alvorada
3 Setor de maquiagem da Globo é fechado após casos de Covid
4 Heleno chama Ciro Gomes de "lixo humano" e "débil mental"
5 Bolsonaro parabeniza PF após operação que mirou Witzel

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.