Leia também:
X Para CPI, Jair Bolsonaro cometeu crime por associar vacina ao HIV

Governo proíbe empresas de demitirem quem não se vacinou

Portaria sobre o tema do Ministério do Trabalho foi publicada nesta segunda-feira

Henrique Gimenes - 01/11/2021 16h36 | atualizado em 01/11/2021 17h40

Governo proíbe empresas de demitirem quem não se vacinou Foto: Agência Alagoas/Minne Santos

O governo federal proibiu as empresas de demitirem funcionários que não apresentarem um comprovante de vacinação contra a Covid-19. Uma portaria do Ministério do Trabalho sobre o tema foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira (1º).

Com a medida, empresas e órgãos públicos não poderão dispensar aqueles que não tenham se imunizado.

De acordo com o texto, fica caracterizado como “prática discriminatória a obrigatoriedade de certificado de vacinação em processos seletivos de admissão de trabalhadores, assim como a demissão por justa causa de empregado em razão da não apresentação de certificado de vacinação”.

“Ao empregador é proibido, na contratação ou na manutenção do emprego do trabalhador, exigir quaisquer documentos discriminatórios ou obstativos para a contratação, especialmente comprovante de vacinação”, ressalta a portaria.

Quem for demitido poderia optar por ser reintegrado ao cargo ou, então, receber o dobro da “remuneração do período de afastamento, corrigida monetariamente e acrescida dos juros legais”.

A portaria pode ser lida aqui.

A iniciativa foi celebrada pela deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) em suas redes sociais.

– Urgente: o Ministério do Trabalho acaba de publicar a Portaria nº 620, que proíbe a demissão de empregados por justa causa por não apresentarem cartão de vacina. Isso é gestão pública com respeito ao cidadão e à Constituição. Parabéns, ministro Onyx Lorenzoni – afirmou.

Leia também1 Bolsonaro diz que Lula o acusa de genocídio, pois é 'oportunista'
2 Vacinada, porta-voz de Joe Biden é diagnosticada com Covid-19
3 Perto da eleição, MST fala de fim da 'trégua' e retoma ocupações
4 Bolsonaro diz estar em dúvida entre três partidos para 2022
5 Colunista do Uol é criticado após dizer que camisa do Brasil é 'fantasia assustadora'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.