Leia também:
X YouTube tira do ar vídeo de Alexandre Garcia sobre Covid

Governo destina R$ 3,8 milhões a ajuda emergencial no Pantanal

Recursos foram liberados devido aos incêndios que atingem a região

Pleno.News - 15/09/2020 20h17 | atualizado em 15/09/2020 20h21

 

Governo libera R$ 3,8 milhões para ajuda emergencial no Pantanal Foto: EFE/Rogério Florentino

Nesta terça-feira (15), o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, anunciou a liberação de R$ 3,8 milhões que serão destinados a ações emergenciais no Mato Grosso do Sul (MS). A medida ocorre devido aos incêndios que atingem a região do Pantanal.

O ministro fez o anúncio da liberação dos recursos em suas redes sociais. Em vídeo, ele aparece assinando a medida ao lado do governador do MS, Reinaldo Azambuja, e da Ministra da Agricultura, Tereza Crisitina.

– Por determinação do presidente Jair Bolsonaro, estamos fazendo todos os esforços para apoiar os estados do MS e MT no enfrentamento ao incêndio que atinge o pantanal. Em Campo Grande – MS, acabamos de assinar a liberação de R$ 3,8 milhões em recursos para ações emergenciais – apontou.

Rogério Marinho também informou que o governo está se mobilizado para que os recursos cheguem rapidamente ao Mato Grosso do Sul.

– Desde o final de semana, mobilizamos o Secretário Nacional de Defesa Civil, Cel. Alexandre Lucas, que está em Campo Grande para apoiar o estado na decretação de emergência e na elaboração dos planos de trabalho. Tudo para que os recursos cheguem o mais rápido possível ao estado – completou.

Leia também1 Secretário de Estado dos EUA fará visita ao Brasil no dia 18
2 Eduardo Bolsonaro afirma que Trump merece o Nobel da Paz
3 Ministro promete "valorizar" professores e discutir salários
4 "Cartão vermelho de Bolsonaro não foi para mim", diz Guedes
5 Irmão de Weintraub deixa cargo no governo e vai para a OEA

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.