Leia também:
X Após entrevista à Globo, Web pede #ForaMandettaUrgente

Governo lança projeto para apoiar entidades filantrópicas

Brasil Acolhedor contará com ferramentas de doação para ações de voluntariado

Paulo Moura - 13/04/2020 14h43 | atualizado em 13/04/2020 15h54

Michelle Bolsonaro participa do lançamento do projeto Brasil Acolhedor Foto: Agência Brasil/Carolina Antunes

O governo federal lançou nesta segunda-feira (13), o projeto Brasil Acolhedor. A ação terá como objetivo promover ações de apoio às instituições filantrópicas, cuja atuação seja através de trabalhos voluntários, que tenham como foco prestar assistência às populações vulneráveis contra os efeitos da pandemia de Covid-19.

– O Brasil Acolhedor é mais uma grande demonstração de solidariedade, humanidade, carinho, respeito e amor ao próximo. Para se ter uma ideia, temos no Brasil 1.913 instituições de longa permanência, apenas olhando para os idosos, fora todas as outras instituições que acolhem no Brasil – disse Onyx Lorenzoni, ministro da Cidadania.

O projeto atuará em duas frentes. A primeira terá foco em doações de bens, como cestas básicas e itens de higiene pessoal, e outra será na seleção de organizações da sociedade civil e pessoas físicas para atuarem na execução das iniciativas, direto com os beneficiários.

As contribuições ao projeto e o cadastramento de organizações podem ser realizadas na página da Transforma Brasil e na plataforma do Pátria Voluntária.

Pelo poder público, o projeto é encabeçado coordenado pelo Pátria Voluntária, programa de incentivo ao voluntariado do governo federal, em parceria com o ministérios da Cidadania e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e com a Secretaria de Governo da Presidência da República.

Já o Transforma Brasil atuará junto com as iniciativas de voluntariado. A plataforma digital de engajamento civil já conta com mais de 500 mil voluntários cadastrados.

– Para vencermos precisamos permanecer no caminho do acolhimento, do voluntariado e do amor – disse a primeira-dama Michelle Bolsonaro.

O Pátria Voluntária é coordenado pela Casa Civil da Presidência da República e tem um conselho presidido pela primeira-dama Michelle Bolsonaro. Mais de trezentas instituições já se cadastraram no programa.

Leia também1 Após entrevista à Globo, Web pede #ForaMandettaUrgente
2 Aras afirma que Bolsonaro pode decidir sobre isolamento
3 Governo quer elevar testes de Covid-19 para 50 mil por dia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.