Leia também:
X Jair Bolsonaro chega a SC e cumprimenta apoiadores

Governo: Desmatamento na Amazônia é o menor em 4 anos

Segundo Ministério da Defesa, redução em janeiro foi de 70% em relação ao mesmo mês do ano passado

Thamirys Andrade - 13/02/2021 16h46

Floresta Amazônica Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira (12), o Ministério da Defesa informou janeiro de 2021 teve o menor índice de desmatamento na Amazônia Legal dos últimos quatro anos. Segundo o governo, a redução foi de 70% em relação ao mesmo mês do ano passado.

O ministério afirma que entre agosto de 2020 e janeiro de 2021, houve redução em alertas de 988 km² , área superior a da cidade de São Paulo.

– Esses dados demonstram o bom desempenho do trabalho integrado coordenado pelo CNAL (Conselho Nacional da Amazônia Legal) na região, principalmente por meio da Operação Verde Brasil 2 – afirmou a pasta.

Até janeiro de 2021, a operação apreendeu 331 mil m³ de madeira, 1.699 embarcações, 326 tratores e 20 aviões/helicópteros. Ao todo, 4.842 multas foram aplicadas, correspondendo ao valor de R$ 3,33 bilhões.

PLANO AMAZÔNIA 21/22
Na quarta-feira (10), o vice-presidente da República Hamilton Mourão, que é também o presidente do CNAL (Conselho Nacional da Amazônia Legal), anunciou a substituição da Operação Verde Brasil 2 a partir do dia 30 de Abril.

Segundo Mourão, o novo Plano Amazônia 21/22 vai ficar no lugar da ação militar na Amazônia, e focará em 11 municípios onde ocorre “70% do desmatamento e dos crimes ambientais”.

– Sete estão localizados no Pará, um em Rondônia, dois no Amazonas e um no Mato Grosso. Foram elencados como as áreas prioritárias. Esse foi o eixo principal que norteou nosso Plano Amazônia – disse o vice-presidente.

Leia também1 Ex-presidenciável, Henrique Meirelles troca o MDB pelo PSD
2 Freixo anuncia ações para tentar barrar decretos de armas
3 João Campos tenta aproximar Luciano Huck do PSB, diz jornal
4 Tarcísio de Freitas entrega mais 77 km de obras na BR-235/BA
5 Hacker da 'Vaza Jato' diz que quer ser deputado em 2022

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.