Leia também:
X Governo demite 174 técnicos que analisavam projetos da Rouanet

Governo articula programa de habitação com estados e municípios

Iniciativa foi revelada pelo Secretário Nacional de Habitação, Alfredo dos Santos

Pleno.News - 06/10/2021 21h42 | atualizado em 07/10/2021 10h05

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Marcos Corrêa/PR

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) está trabalhando no lançamento de um novo programa de habitação, derivado do Casa Verde e Amarela, agora em parceria com os governos estaduais e municipais.

Quem revelou a iniciativa foi o Secretário Nacional de Habitação, Alfredo dos Santos, que participou do Fórum Brasileiro das Incorporadoras, organizado pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc).

– Estamos lançando um subprograma de financiamento habitacional – contou Santos.

Segundo o secretário, a iniciativa é destinada às famílias com renda inferior a R$ 2,5 mil e prevê que os subsídios referentes à parcela de entrada – equivalentes a 20% do valor do imóvel – serão aportados pelos governos estaduais e pelas prefeituras.

Santos explicou que os subsídios permitirão a essas famílias assumirem a compra do imóvel sob um nível menor de endividamento, o que reduzirá as chances de inadimplência no futuro.

– Melhora a entrada das famílias e diminui os riscos do agente financeiro – afirmou.

A Caixa Econômica Federal, responsável pela operação do Casa Verde e Amarela e por programas habitacionais regionais, financia até 80% do valor das unidades, enquanto os 20% restantes precisam ser aportados pelos próprios mutuários.

*AE

Leia também1 Lula monta gabinete 'anti-Bolsonaro' em hotel em Brasília
2 CPI: Lista de investigados inclui Allan dos Santos e 3 empresários
3 Brasil não terá horário de verão nos próximos anos, diz ministro
4 Bolsonaro informa ao STF que irá depor presencialmente à PF
5 José Dirceu articula campanha presidencial de Lula para 2022

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.