Leia também:
X CPI mira Bolsonaro e vai propor alterar Lei do Impeachment

Google tem 72h para explicar restrições a armas no YouTube

Prazo foi dado pela Justiça Federal em São Paulo em uma ação apresentada pela Associação Nacional Movimento Pró Armas

Pleno.News - 14/09/2021 16h11 | atualizado em 14/09/2021 16h57

Google tem 72h para explicar restrições a armas no YouTube Foto: Jardiel Carvalho/Folhapress

Por decisão da Justiça Federal em São Paulo, o Google tem um prazo de 72 horas para prestar informações sobre a remoção de vídeos do YouTube que tratam de armas de fogo. A determinação foi dada pela 17ª Vara Cível Federal nesta segunda-feira (13). A informação é do jornal Gazeta do Povo.

A ação foi apresentada em 17 de agosto pela Associação Nacional Movimento Pró Armas. No pedido, a entidade quer a suspensão de penalidades previstas na político de uso de uso do YouTube que façam referência a armas de fogo.

Para a associação, a empresa está ampliando as limitações sobre o tema. “Nota-se que, na prática, a requerida literalmente está proibindo a veiculação de qualquer conteúdo relacionado a tais itens, ainda que tais conteúdos reflitam seriedade e licitude (posse e porte legal, esporte, colecionador, otimizações legais, etc), trazendo para si a total liberalidade de decidir, conforme critérios não especificados, o que pode ou não ser veiculado na rede em relação ao tema”, diz a entidade na ação.

Leia também1 Bolsonaro se antecipa e libera venda direta de etanol a postos
2 CPI mira Bolsonaro e vai propor alterar Lei do Impeachment
3 Em jantar com Temer, Marinho imita Bolsonaro e vídeo viraliza
4 Eduardo B. critica a Lei Paulo Gustavo: 'Covidão da Cultura'
5 38% dos ativistas anti-Bolsonaro se recusam a protestar com PT

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.