Leia também:
X Professora do “look massacre” é indiciada pela Polícia Civil

Gonçalves Dias deixa a PF após quase 5 horas de depoimento

Oitiva foi determinada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes

Pleno.News - 21/04/2023 15h52 | atualizado em 24/04/2023 19h57

General Gonçalves Dias (ex-GSI) e Lula Foto: Ricardo Stuckert/PR

O general Gonçalves Dias, ex-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), já deixou a sede da Polícia Federal (PF) em Brasília. Ele saiu por volta das 13h30 desta sexta-feira (21), após passar quase cinco horas prestando depoimento sobre os atos do dia 8 de janeiro. As informações são do G1.

A oitiva, que foi determinada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, começou por volta das 9h. Moraes é o relator das investigações no STF.

O ex-chefe do GSI pediu demissão, na última quarta-feira (19), após a divulgação de vídeos que mostram o general circulando entre invasores do Palácio do Planalto no dia dos atos. Imagens das câmeras do circuito interno do Planalto foram divulgadas pela CNN.

Na última quarta-feira, Gonçalves Dias disse à TV Globo que estava no Planalto para retirar os invasores.

Leia também1 Doria elogia primeiros 100 dias de Haddad: 'Resultados positivos'
2 Tarcísio cita falta de "um plano" do governo Lula para o Brasil
3 Ministro da Defesa sugere que militares sigam na chefia do GSI
4 Ex-GSI Gonçalves Dias presta depoimento na sede da PF
5 Perito do caso PC Farias urina em Bíblia e ameaça a ex-mulher

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.