Leia também:
X Queiroga vai ao Maranhão para tentar conter cepa indiana

Girão sobre a CPI: ‘Até quarta-feira, vamos saber quem é quem’

Senador é autor de requerimento que pede investigação do uso de recursos federais nos estados

Monique Mello - 23/05/2021 21h45 | atualizado em 24/05/2021 11h22

Eduardo Girão defende a convocação de gestores estaduais e municipais na CPI da Covid Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Em entrevista coletiva, o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) afirmou ter ficado mais esperançoso pela possibilidade de a CPI finalmente votar requerimentos na próxima quarta-feira (26).

– Até quarta-feira, vamos saber quem é quem. Quem está protegendo quem – declarou.

Girão, que é autor do requerimento que teve a assinatura de 45 senadores, vem pedindo a investigação do uso dos recursos federais enviados aos estados para combater a pandemia.

– Vamos ver se vão deixar tentar rastrear os bilhões de reais enviados a estados e municípios. O ex-ministro Pazuello trouxe os números. São números muito altos, centenas de bilhões de reais, e a população quer saber, por exemplo, o que houve [com os] hospitais de campanha. Alguns [foram] fechados após cinco meses de utilização, enquanto todo mundo sabia que vinha a segunda onda [do coronavírus] – questionou Girão.

O senador defende que é preciso, sim, investigar o governo federal, porém sem esquecer o requerimento legítimo assinado pela maioria no Senado, que, de acordo com ele, está sendo “ignorado” até o momento.

– Eu quero saber se essa CPI não vai chamar os gestores estaduais e municipais […] Quem não tem medo vem à CPI – disparou.

Leia também1 CGU aponta desvios de R$ 164 milhões em recursos por estados
2 Aziz quer criminalizar indicação de remédios sem comprovação
3 STF dá à Mayra Pinheiro direito de silenciar sobre crise no AM
4 Bolsonaro: "Exército não irá às ruas para manter vocês em casa"
5 Vídeo: Cabral detalha acusações de propina contra Dias Toffoli

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.