Leia também:
X Divulgação de queimadas está superdimensionada, diz Mourão

Gilmar suspende ação contra secretário licenciado de Doria

Alexandre Baldy foi alvo de operação que apura supostos desvios na saúde

Henrique Gimenes - 23/09/2020 17h37 | atualizado em 23/09/2020 21h46

Ministro Gilmar Mendes, do STF Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu suspender, nesta quarta-feira (23), a ação penal contra o secretário licenciado de Transportes de São Paulo, Alexandre Baldy. A decisão tem validade até que a Segunda Turma da Corte decida se ação deve ser analisada pela Justiça de Goiás ou de São Paulo.

O secretário licenciado de João Doria é investigado em um desdobramento da Lava Jato que apura desvios na área da saúde envolvendo órgãos federais. Ele havia sido preso, mas acabou solto pelo STF no mês passado.

Em sua decisão, Gilmar Mendes determinou “a suspensão da ação penal, das medidas cautelares (prisão temporária e busca e apreensão e sequestro e indisponibilidade de bens), e de todo e qualquer expediente investigativo em sede policial ou ministerial relacionado aos fatos, até que seja decidido o mérito da presente reclamação”.

Sobre a medida, a defesa de Alexandre Baldy afirmou que o “Supremo Tribunal Federal, mais uma vez, cumpre seu papel de guardião da Constituição, evitando que autoridades apurem fatos que não são de sua competência.

Alexandre Baldy Foto: Neto Talmeli/Prefeitura de Uberaba

Leia também1 Ministra Cármen Lúcia, do STF, está com Covid-19, diz revista
2 Crítico do STF, Otoni garante que "enfrenta qualquer represália"
3 Witzel diz que sua história está começando: 'Jamais renunciarei'
4 Deputado pede impeachment de Alexandre de Moraes
5 Confira quem são os cristãos que podem ser nomeados para o STF

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.