Leia também:
X Bolsonaro elogia motociata e diz: ‘Povo quer liberdade e respeito’

Gilmar Mendes se diz indignado com caso de repórter esfaqueado

Jornalista foi atacado por dois homens na noite de quinta-feira em uma área próxima da casa dele

Pleno.News - 15/04/2022 16h26 | atualizado em 15/04/2022 16h53

Gilmar Mendes se disse indignado com caso de jornalista esfaqueado Foto: STF/SCO/Carlos Moura // Reprodução/TV Globo

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta sexta-feira (15) que recebeu com indignação o ataque ao jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo. O repórter foi esfaqueado na noite de quinta-feira (14) próximo da casa dele, em Brasília (DF).

– Recebo com indignação a notícia do atentado – ainda inexplicado – contra o jornalista Gabriel Luiz. Gabriel vocaliza as reivindicações de comunidades do DF, fazendo jornalismo investigativo profundo e sério. Desejo pleno restabelecimento ao profissional – escreveu o ministro nas redes sociais.

O repórter foi atacado por dois homens, ainda não identificados, em um estacionamento perto do prédio onde mora. Câmeras de segurança registraram a aproximação. Gabriel foi atingido no pescoço, no abdômen, no tórax, na perna e no braço. Após passar por diversas cirurgias, ele está estável, embora o quadro seja considerado grave pelos médicos.

A Polícia Civil tenta identificar e encontrar os responsáveis pelo ataque. A motivação ainda não foi esclarecida. A carteira e o celular do jornalista não foram levados. O telefone foi encontrado por um morador perto da cena do crime e entregue aos policiais.

*AE

Leia também1 Ucrânia diz já ter achado corpos de 900 civis na região de Kiev
2 Márcio Garcia passa por cirurgia de emergência no Rio de Janeiro
3 Queiroga fará pronunciamento no domingo de Páscoa
4 Nas redes sociais, Cid Moreira celebra retirada de cateter
5 Ala do PDT trabalha para Ciro Gomes desistir da Presidência

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.