Leia também:
X Jair Bolsonaro sobre Sergio Moro: ‘Se ganhar, boa sorte’

Gilmar Mendes diz que pediu a Bolsonaro ‘canais’ para o diálogo

Ministro diz que, em ambiente dos Poderes, há "muito mexerico e fofocas"

Monique Mello - 27/08/2021 16h43 | atualizado em 27/08/2021 17h02

Ministro Gilmar Mendes, do STF, e o presidente Jair Bolsonaro Foto: Arte/Pleno.News

Em meio à crise institucional no país, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes reforçou a necessidade do diálogo e de que os Poderes estejam de “portas abertas” para esclarecimentos. O ministro afirma que disse ao presidente Jair Bolsonaro que é preciso ter “canais diretos” para acabar com “teorias conspiratórias” que circulam entre as instituições.

Mendes classificou que, entre os Poderes, há um ambiente de “muito mexerico e fofocas” pela falta de diálogo.

– Acho fundamental que nós dialoguemos, estejamos com as portas abertas, inclusive para fazer esses esclarecimentos – defendeu Mendes, em entrevista à Globo News nesta sexta-feira (27).

Gilmar Mendes usou a analogia de que a democracia é uma planta que deve ser cultivada e cuidada. Segundo o ministro, apesar de haver regras definidas na Constituição, há pontos que não estão escritos, como o respeito ao outro e a tolerância entre as instituições. Na defesa pelo balanceamento entre os Poderes, ele enfatizou que há momentos em que “nem sempre temos razão e o outro pode ter. Tudo isso precisa ser contemplado”.

O ministro também ponderou que é possível que o Brasil nunca tenha enfrentado um ambiente tão “conflitivo e incivilizado” como nos últimos tempos.

– É preciso ajudar a baixar a temperatura; [a] ideia de que somos mais fortes porque xingamos – declarou.

*AE

Leia também1 "Há limites para a liberdade de expressão", diz Gilmar Mendes
2 Jair Bolsonaro diz que o "povo armado não será escravizado"
3 Michel Temer tem jantar com ministro Alexandre de Moraes
4 Moraes autoriza Temer a marcar encontro entre ele e Bolsonaro
5 Manifestantes ateiam fogo em caixão na frente da Presidência

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.