Leia também:
X Queiroga desembarca em São Paulo após quarentena nos EUA

Garcia questiona credibilidade de pesquisas após atos do dia 2

Jornalista comparou tamanho dos atos favoráveis e dos contrários ao governo federal

Paulo Moura - 04/10/2021 10h20 | atualizado em 04/10/2021 10h29

Alexandre Garcia Foto: Reprodução/YouTube/Alexandre Garcia

O jornalista Alexandre Garcia questionou a credibilidade das pesquisas eleitorais após as manifestações realizadas contra o presidente Jair Bolsonaro no sábado (2). Nos atos, a baixa adesão da população foi registrada em diversas cidades do país.

Em sua coluna no site Gazeta do Povo, Garcia citou os atos de 7 de setembro, pró-Bolsonaro, e os dos dias 12 de setembro e de 3 de outubro, contra o governo federal, e afirmou que fica “imaginando as pesquisas de opinião pedindo, pelo amor de Deus, para não inventarem mais manifestações, porque elas estão desmoralizando as pesquisas”.

– O pessoal olha o dia 7 de setembro, olha o dia 12 de setembro, olha o dia 2 de outubro e olha as pesquisas de opinião. Aí a pesquisa fica desacreditada. Tem que pedir para parar com as manifestações, se não quem vai contratar as pesquisas de opinião? – comentou.

Na noite de sábado, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que os atos contra o presidente na Avenida Paulista juntaram cerca de 8 mil pessoas. Para efeito de comparação, a pasta de segurança paulista informou que os atos pró-Bolsonaro do dia 7 de setembro teriam reunido 125 mil pessoas.

Leia também1 Saúde nega certificado de vacina para doses diferentes
2 Queiroga desembarca em São Paulo após quarentena nos EUA
3 Em jantar, Ciro Gomes e Datena discutem alianças para 2022
4 STF arquiva pedido contra Omar Aziz por críticas a Bolsonaro
5 Fumio Kishida é confirmado como novo premiê do Japão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.