Leia também:
X Anvisa define hoje se CoronaVac será usada em crianças de 3 anos

Garcia fala de Forças Armadas como moderadora e cita art. 142

Jornalista disse que a definição está na Constituição, "mas não com esse nome"

Pleno.News - 18/08/2021 15h51 | atualizado em 19/08/2021 11h31

Alexandre Garcia Foto: Reprodução

Em um vídeo publicado nas suas redes sociais, o jornalista Alexandre Garcia falou sobre o artigo 142 e explicou uma declaração do presidente Jair Bolsonaro sobre as Forças Armadas serem um “poder moderador”.

De acordo com Garcia, apesar das críticas de que o assunto não está na Constituição, a definição “está, mas não com esse nome”.

– O presidente falou em poder moderador, se referindo às Forças Armadas. Aí houve uma grita geral dizendo que não é, que isso não está na Constituição. Só que está, mas não com esse nome. É o artigo 142 – apontou.

O jornalista então leu o artigo 142 e explicou de onde surgiu a expressão.

– As Forças Armadas são instituições nacionais, permanentes, regulares, sob a autoridade suprema do presidente da República e destinam-se à defesa da pátria e a garantia dos poderes constitucionais […] São, portanto, as garantidoras. Poder moderador é porque importaram um termo que se referia ao imperador no tempo da mais duradoura Constituição brasileira, que foi o tempo do Império – destacou.

Garcia, então, questionou quem dá a “última palavra” quando há um conflito entre o STF e outros Poderes.

– O imperador tinha esse poder final de dar uma última palavra em uma questão que tivesse controvérsia. Hoje a gente diz que as controvérsias são resolvidas na Justiça. Mas, se chegar ao Supremo uma divergência entre Poderes na qual o próprio Supremo esteja envolvido, como é o caso agora entre o Supremo versus o Executivo, o moderador seria o quê? – questionou.

Por fim, o jornalista fez críticas ao Supremo Tribunal Federal.

– No estado democrático de direito, as instituições funcionam como contrapeso, para poder balancear os direitos básicos individuais […] E não é o que a gente está vendo lá no Supremo – ressaltou.

Leia também1 Garcia dá corajosa resposta a Lula: 'O partido do militar é o Brasil'
2 'Qualquer um de nós pode ser preso por opinião', diz Garcia
3 Eduardo B. sugere conluio entre Moraes, Maia e vice de Doria
4 Web compara TSE a terroristas: "Talibã Superior Eleitoral"
5 Pesquisa afirma que Bolsonaro perde até para Mandetta e Doria

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.