Leia também:
X Aziz quer Marcos Tolentino na CPI “nem que seja de maca”

Fux: ‘Liberdade de expressão não comporta violências e ameaças’

Presidente do Supremo pediu respeito à "integridade das instituições democráticas" em 7 de setembro

Henrique Gimenes - 02/09/2021 15h39 | atualizado em 02/09/2021 16h52

Ministro Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal Foto: STF/Nelson Jr

Nesta quinta-feira (2), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, falou sobre as manifestações do dia 7 de setembro e pediu que seja respeitada a “integridade das instituições democráticas”. Fux também ressaltou que a “liberdade de expressão não comporta violências e ameaças”.

As declarações foram dadas por ele antes do início da sessão do Supremo.

– Num ambiente democrático, manifestações públicas são pacíficas; por sua vez, a liberdade de expressão não comporta violências e ameaças […] O exercício de nossa cidadania pressupõe respeito à integridade das instituições democráticas e de seus membros – afirmou o ministro.

Fux ainda afirmou que a população “jamais aceitaria retrocessos”.

– O STF confia que os cidadãos agirão, em suas manifestações, com senso de responsabilidade cívica e respeito institucional, independentemente da posição político-ideológica que ostentam […] Somos testemunhas oculares de que o caminho para a estabilidade da democracia brasileira não foi fácil nem imediato. Por essa razão, é voz corrente nas ruas que, na quadra atual, o povo brasileiro jamais aceitaria retrocessos – destacou.

Ao final de sua fala, o presidente do Supremo disse que o STF “segue atento e vigilante, neste 7 de setembro, pela manutenção da plenitude democrática”.

Leia também1 Em duro artigo, Garcia expõe os interesses dos índios acampados
2 STF pode derrubar vetos de Bolsonaro à lei que acaba com a LSN , diz colunista
3 Ministra do STJ nega salvo-conduto a PMs no 7 de setembro
4 Zé Trovão ignora bloqueio de Moraes e divulga novo Pix
5 Ministro Kassio Nunes Marques é diagnosticado com Covid-19

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.