Leia também:
X Promotor que investigou Gilmar Mendes será suspenso

Frota é condenado a indenizar juiz que mandou soltar Lula

Deputado terá que pagar R$ 50 mil

Thamirys Andrade - 14/09/2021 17h13 | atualizado em 14/09/2021 17h30

Alexandre Frota: duas condenações na mesma semana
Parlamentar Alexandre Frota Foto: Reprodução

O deputado federal Alexandre Frota (DEM) foi condenado a indenizar o desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Federal da 4ª Região, por ofender e divulgar o telefone do juiz como retaliação após o magistrado mandar soltar o ex-presidente Lula, em julho de 2018.

A juíza Munira Hanna, da 14ª Vara Cível da Comarca de Porto Alegre, fixou o valor da punição em R$ 50 mil. Para ela, não se trata de avaliar a decisão de Favreto na ocasião, e sim de considerar que ele foi alvo de violação de intimidade, vida privada, honra e imagem.

– Aqui, não está em análise a decisão fundamentada que suspendeu a execução provisória da pena e concedeu a liberdade ao paciente [Lula], pois as publicações do réu não se restringiram à decisão, mas a ofensas de cunho pessoal, divulgação de dados pessoais do autor, com a finalidade de incitar o maior número de pessoas possível contra o mesmo e à sua família. Através de publicações sensacionalistas, o réu violou os direitos à honra e à imagem do autor – afirmou Hanna.

A decisão ocorre em primeira instância e ainda cabe recurso para a defesa de Frota.

Apesar da decisão de Fraveto na época, o ex-presidente petista acabou não sendo solto, o que ocorreu apenas no dia 8 de novembro de 2019, um dia após o Supremo Tribunal Federal ter considerado a prisão em segunda instância inconstitucional.

Leia também1 Bolsonaro se antecipa e libera venda direta de etanol a postos
2 Lira cria grupo para votar a legalização de jogos de azar
3 Em jantar com Temer, Marinho imita Bolsonaro e vídeo viraliza
4 Senado vota ‘Lei Paulo Gustavo’ que visa liberar bilhões à cultura
5 Fux diz que STF só interfere na política quando é provocado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.