Leia também:
X Lula opta por escalar Haddad para almoço com banqueiros

Frota culpa “esquerda sapatênis” e desiste de integrar transição

Parlamentar tinha sido escolhido para participar do grupo da cultura

Paulo Moura - 25/11/2022 08h52 | atualizado em 25/11/2022 11h20

Deputado federal Alexandre Frota Foto: Câmara dos Deputados/Paulo Sérgio

Um dos nomes anunciados na área de cultura da equipe de transição do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o deputado federal Alexandre Frota (PROS-SP) desistiu de fazer parte do grupo. Nesta quinta-feira (24), o parlamentar disse ter sido atacado por aqueles que chamou de “esquerda sapatênis do Leblon” e confirmou que rejeitará o convite que recebeu.

– Fala pessoal, tenho visto os ataques covardes e preconceituosos que eu tenho recebido por ter sido convidado para a transição na Cultura, ataques, inclusive, à minha família, que vem de uma ala da esquerda sapatênis do Leblon. O preconceito está na transição que fala em um país plural – escreveu.

Após a indicação de Frota ter sido anunciada, alguns nomes da classe artística, como os atores José de Abreu e Pedro Cardoso, fizeram duras críticas ao nome do deputado. Abreu classificou a escolha do parlamentar como um “desplante”. Cardoso, por sua vez, chamou o congressista de “alpinista social”.

– Tê-lo na equipe de transição é uma ofensa. Há mesmo algo de podre no reino da Dinamarca – escreveu Cardoso.

Leia também1 Musk diz que vai restabelecer contas suspensas no Twitter
2 Lula opta por escalar Haddad para almoço com banqueiros
3 Policial morre e passageira de ônibus é baleada, no RJ
4 Lira não pretende instalar CPI do abuso de autoridade, diz site
5 Em apenas 4 anos, pai perde os 3 filhos para o câncer

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.