Frota ataca Bolsonaro: ‘Um idiota ingrato que nada sabe’

O deputado foi expulso do PSL e disse que ficou triste com a decisão

Pleno.News - 16/08/2019 10h36

Deputado Alexandre Frota foi expulso do PSL por decisão unânime Foto: Reprodução

O deputado Alexandre Frota deu sua primeira entrevista após ser expulso do PSL. Para a Folha de São Paulo, ele afirmou que o presidente Jair Bolsonaro exigiu sua saída. Frota atacou o presidente, a quem chamou de “um idiota ingrato que nada sabe”.

– Bolsonaro não é burro, senão ele não chegaria onde chegou, mas é um idiota ingrato que nada sabe. Bolsonaro se mostra, muitas vezes, infantil. Ele não está preparado para o cargo para o qual foi eleito, para o qual eu, infelizmente, ajudei a elegê-lo – afirmou.

Frota foi expulso por infidelidade partidária, após criticar inúmeras vezes Bolsonaro. O pedido para sua saída partiu da deputada Carla Zambelli (PSL-SP) e do senador Major Olímpio (PSL-SP). Sobre o processo de seu expurgo, o deputado disse que não queria que fosse assim e que ficou triste com a decisão.

– É claro que fiquei triste com a expulsão. Foi ruim para mim, para as pessoas que apostam em mim, me senti policiado.

O parlamentar também atacou o filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro. Ele alegou que Flávio o chamou de “caroneiro”, por ter pego carona com Bolsonaro para poder se eleger. Frota criticou o senador dizendo que ele é quem “fura fila”.

Sobre seu futuro, Frota afirmou que recebeu diversos convites de qualidade. Ele disse que isso é resultado de um trabalho “coeso, honesto e de muito estudo e dedicação”. O deputado contou que o primeiro a fazer o convite foi o PSDB, de João Doria e Bruno Araújo. Ele contou que, de mesmo modo, foi convidado pelo DEM.

Frota foi questionado sobre seu posicionamento que, no início, era alinhado ao de Bolsonaro. Ele alegou que já tinha esse posicionamento antes de apoiar o presidente.

– Sim, fui eleito com discurso alinhado ao de Bolsonaro, mas já tinha esse discurso antes. No final de 2013, quando comecei a praticar meu ativismo, comecei a criticar a esquerda, já tinha meus discursos polêmicos, ácidos, não aceitava e achava que era hora de o Brasil mudar. Fiz um discurso alinhado ao Bolsonaro, volto a repetir, porque o Bolsonaro era meu candidato naquele momento.

Alexandre Frota finalizou a entrevista desmentindo boatos sobre uma possível disputa pela prefeitura de São Paulo ou do Rio de Janeiro. Ele afirmou que sua candidata para a capital paulista é a deputada Joice Hasselmann.

LEIA TAMBÉM+ Sergio Moro apoia vetos na lei do abuso de autoridade
+ PSDB admite continuar com processo para expulsar Aécio
+ Bolsonaro critica prisão a PM que algemar quem não precisa


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo