Leia também:
X Procurador pró-Bolsonaro deixa comando do MPF de Goiás

Frias: ‘Não haverá passaporte da vacina em minha gestão’

Secretário de Cultura disse que decretos municipais não irão mudar sua decisão

Henrique Gimenes - 24/09/2021 14h54 | atualizado em 24/09/2021 16h31

O presidente Jair Bolsonaro e o secretário de Cultura, Mario Frias Foto: Isac Nóbrega/PR

Com os debates pela implantação de um “passaporte de vacinação” cada vez mais em alta, o secretário especial de Cultura, Mario Frias, posicionou-se sobre a medida. Nesta sexta-feira (24), em suas redes sociais, Frias garantiu que nenhuma das entidades vinculadas à Secretaria de Cultura irá adotar o passaporte.

Para o secretário, determinações do tipo são ilegais e nenhum decreto municipal sobre a exigência de um passaporte “irá mudar” sua posição.

Há um mês, determinei que não fosse implementado o passaporte de vacinação em nenhuma das minhas vinculadas. Decreto municipal não irá mudar isso. Reforçarei o ofício para todas as entidades vinculadas. Essa discriminação ilegal não irá prosperar na minha gestão – explicou.

Leia também1 Zambelli: 'Passaporte sanitário é por controle da vida das pessoas'
2 Vacinado e com Covid, Eduardo critica passaporte sanitário
3 Frota quer passaporte sanitário obrigatório na Câmara
4 Oposição pede que Lira exija passaporte da vacina na Câmara
5 Médico afirma: "De 161 pacientes com Covid, 125 já estavam vacinados"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.