Flávio Bolsonaro: ‘Queiroz tem que esclarecer o quanto antes’

Senador eleito deu entrevista ao SBT e disse que querem atingir a família Bolsonaro

Pleno.News - 11/01/2019 16h39

Senador eleito Flávio Bolsonaro Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (10), o senador eleito, Flávio Bolsonaro, deu uma entrevista ao jornal SBT Brasil e voltou a falar sobre seu ex-assessor, Fabrício Queiroz, cujo nome aparece em um relatório do Conselho de Controle de Operações Financeiras (Coaf).O parlamentar disse que não sabe o que pessoas de se gabinete “fazem da porta para fora”, mas que Queiroz precisa esclarecer os fatos “o quanto antes”.

O nome do ex-assessor apareceu no relatório do Coaf com movimentações financeiras “atípicas”. De acordo com o Conselho, a movimentação de R$ 1,2 milhão na conta de Queiroz é incompatível com seus rendimentos.

Flávio Bolsonaro foi convidado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro para falar sobre o caso, mas faltou nas duas vezes em que era esperado. O senador eleito, no entanto, disse estar disponível, mas que precisa ter acesso às investigações antes de depor. Ele solicitou os documentos do caso nesta quinta-feira (10).

– É o tempo de eu tomar ciência, pegar documento, ir lá e esclarecer, porque eu quero ficar bem longe disso – explicou.

O relatório do Coaf também indicou inconsistências nas movimentações financeiras de 21 outros deputados da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Para Flávio Bolsonaro, no entanto, o fato de apenas o seu nome aparecer com visibilidade tem o objetivo de difamar sua família.

– Há sim um direcionamento para atingir o nome Bolsonaro e tentar desestabilizar um governo legitimado pelas urnas que está apenas começando – apontou.

LEIA TAMBÉM+ Flávio Bolsonaro afirma que irá depor ao Ministério Público
+ Queiroz: "Estou sendo tratado como o pior bandido de todos"


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo