CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Governo reabre calendário do PIS 2019/2020. Veja as datas

Flavio Bolsonaro critica Facebook por remover contas

Para o senador, é "impossível avaliar que tipo de perfil foi banido e se a plataforma ultrapassou ou não os limites da censura"

Henrique Gimenes - 08/07/2020 20h02 | atualizado em 08/07/2020 21h40

Senador Flávio Bolsonaro (Foto: Lucas Rezende/Futura Press/Folhapress

Nesta quarta-feira (8), o senador Flavio Bolsonaro (Republicanos-RJ) criticou a decisão do Facebook de remover 73 contas ligadas ao PSL e ao governo do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com a rede social, a decisão ocorreu porque as contas foram consideradas inautênticas.

De acordo com o Facebook, uma “investigação encontrou ligações a pessoas associadas ao PSL (Partido Social Liberal) e a alguns dos funcionários nos gabinetes de Anderson Moraes, Alana Passos, Eduardo Bolsonaro, Flavio Bolsonaro e Jair Bolsonaro”.

Em nota enviada à imprensa, Flavio questionou a medida e afirmou que o “governo Bolsonaro foi eleito com forte apoio popular nas ruas e nas redes sociais e, por isso, é possível encontrar milhares de perfis de apoio. Até onde se sabe, todos eles são livres e independentes”.

O senador também apontou que “pelo relatório do Facebook, é impossível avaliar que tipo de perfil foi banido e se a plataforma ultrapassou ou não os limites da censura. Julgamentos que não permitem o contraditório e a ampla defesa não condizem com a nossa democracia, são armas que podem destruir reputações e vidas”.

A empresa informou que foram removidas 35 contas do Facebook e 38 do Instagram e que as publicações incluíam conteúdos de política e eleições, memes, críticas à oposição política, organizações de mídia e jornalistas, e mais sobre a pandemia do coronavírus. Facebook disse que sua decisão foi baseada no “no comportamento, e não no conteúdo”.

Leia também1 Jair Bolsonaro lamenta morte de pastor por Covid-19
2 Facebook remove 73 contas ligadas ao PSL e a Bolsonaro
3 Leia! Falamos com o criador da Parler, a rede contra a censura
4 Parler alcança marca de 2,7 milhões de usuários ativos
5 Saiba como criar uma conta no Parler, a rede sem censura

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo