Leia também:
X Cármen Lúcia manda remover site com ataques a Bolsonaro

Flávio avalia que “risco de fraude na eleição agora é quase zero”

Senador elogiou aprovação da auditoria complementar

Pleno.News - 19/09/2022 16h33 | atualizado em 19/09/2022 17h42

Senador Flávio Bolsonaro Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O senador Flávio Bolsonaro (PL) comentou, nesta segunda-feira (19), a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de aceitar as sugestões dos militares em relação à auditoria complementar. Segundo o parlamentar, o risco de fraude passou a ser “quase zero” diante da mudança.

Em entrevista à coluna de Guilherme Amado, no portal Metrópoles, Flávio avaliou que, caso a Corte não acatasse o pedido, haveria indício de que estava sendo planejada uma fraude nos resultados.

– O TSE caminha para o óbvio. Como técnicos afirmam que existem mais camadas de proteção a serem implementadas, se o TSE não aceitasse (a proposta de auditoria complementar) seria um grande indício de possibilidade de fraude – assinalou.

Para o senador, somente com o voto impresso auditável os resultados seriam “100% seguros”, pois “qualquer sistema eletrônico é passível de ser invadido”. Ele acrescenta, entretanto, que “com as medidas implementadas, a possibilidade de fraude é quase zero”.

– Vamos para as eleições com a convicção de que vencerá quem tiver mais votos – emendou.

A sugestão foi aprovada por unanimidade na última terça-feira (13). O teste de integridade será feito com biometria em 64 das 640 urnas escrutinadas no dia da eleição. Espera-se que a medida ajude a apaziguar as relações entre a Corte eleitoral e o Ministério da Defesa.

Leia também1 Cármen Lúcia manda remover site com ataques a Bolsonaro
2 Senado debate propostas para garantir piso da enfermagem
3 Receita quer cobrar de Lula R$ 18 milhões: "STF não o inocentou"
4 Ciro Gomes, Simone Tebet e Lula serão sabatinados por Ratinho
5 Justiça Eleitoral manda retirar boneco inflável de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.