Leia também:
X Pai entrega à polícia filho que usou moto dele para assaltos

Filipe Barros diz que relatório do PL já possui dados do 1º turno

O ministro Alexandre de Moraes deu 24 horas para o partido apresentar esses dados

Leiliane Lopes - 22/11/2022 21h01 | atualizado em 23/11/2022 11h46

Filipe Barros criticou opositores do governo Foto: Reprodução

O deputado federal Filipe Barros (PL-PR) usou as redes sociais para dizer que o relatório apresentado pelo seu partido para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) provando inconsistências nas urnas já apresentam os dados do primeiro e segundo turnos.

A fala é em resposta ao pedido do ministro Alexandre de Moraes, presidente do TSE, que deu 24 horas para que o Partido Liberal apresente as informações sobre o pleito do dia 2 de outubro.

– O Alexandre Moraes pediu para o PL incluir a análise dos logs do primeiro turno. Ele não deve ter consultado os técnicos do TSE, pois o arquivo de log é sequencial e único para cada urna e incluem todos os lançamentos do primeiro e do segundo turno – escreveu.

Barros também deixou claro que eles desejam que as eleições sejam transparentes, ainda que isso custe o mandato de quem já está eleito.

– Não há democracia sem transparência – afirmou.

Em outra postagem, o deputado explicou que o relatório foi feito pelos professores Carlos Rocha (um dos criadores da urna eletrônica), Marcio Abreu e Flávio de Oliveira, todos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

Cada urna tem um histórico (log) de tudo que aconteceu nela e todas possuem um código de identificação próprio. Assim, cada log deve estar vinculado ao código de identificação daquela urna.

Todavia, segundo a publicação de Filipe Barros, as urnas de modelo anteriores a UE2020 apresentam um mesmo código, como se mais de 250 mil urnas tivessem a mesma identificação.

– Se não há individualização de cada urna, não há como comprovar que aquele log (histórico) é daquela urna específica – explicou o parlamentar.

Sendo assim, o PL pede explicações ao TSE sobre essa questão e cobra providências, uma vez que as urnas com essa inconsistência registraram mais votos para o candidato eleito.

https://twitter.com/filipebarrost/status/1595160609703985152

Leia também1 Pai entrega à polícia filho que usou moto dele para assaltos
2 CNJ "pune" com aposentadoria desembargador que humilhou guardas em Santos
3 Paraná dá início a processo para privatizar companhia de energia
4 Comandantes das PMs do PR e SC não irão à reunião com Moraes
5 Pacheco diz que resultado das urnas é inquestionável

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.