Leia também:
X No 2º dia do ano, web realiza protesto e levanta #GloboLixo

‘Fichas-sujas’ recorrem ao STF para assumirem prefeituras

Medida ocorre após decisão do ministro Nunes Marques sobre a Lei da Ficha Limpa

Pleno.News - 02/01/2021 16h35 | atualizado em 02/01/2021 18h10

‘Fichas-sujas’ recorrem ao STF para tomar posse como prefeitos Foto: Agência Brasil/Valter Campanato

Dois candidatos a prefeito enquadrados como “fichas-sujas” recorreram ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar assumir o cargo, depois que uma decisão do ministro Kassio Nunes Marques esvaziou a Lei da Ficha Limpa – e mesmo depois de o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, ter decidido suspender essa iniciativa para cinco casos de “fichas-sujas”, alegando que é preciso aguardar decisão definitiva do plenário do STF.

Um deles é o prefeito eleito de Bom Jesus de Goiás, Adair Henriques (DEM). O outro é Cacique Marquinhos (Republicanos), vitorioso em Pesqueira, em Pernambuco.

O primeiro foi condenado por delito contra o patrimônio público em segunda instância, em 2009.

E Marquinhos foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa por causa de uma condenação em 2015 pelo crime de incêndio.

Com a indefinição, os dois municípios serão comandados pelo presidente da Câmara Municipal.

*Estadão

Leia também1 Luiz Fux derruba liminar que liberava abertura de bares em SP
2 Crise no STF? 'Médico demitido' faz Marco Aurélio cobrar Fux
3 Após recusar pedidos do STF e STJ, Fiocruz nega vacinas ao TST
4 STF prorroga autorização para governos manterem quarentena
5 Demissão de médico gera crise interna no STF e desgasta Fux

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.