Leia também:
X Padrasto é preso por suspeita de afogar enteado em lamaçal

Facebook atende STF e bloqueia contas fora do país

Rede social vai recorrer da decisão de Alexandre de Moraes

Rafael Ramos - 01/08/2020 13h09 | atualizado em 01/08/2020 13h11

Facebook acatou decisão do Supremo Foto: Reprodução

Em nota divulgada neste sábado (1º), o Facebook admitiu que bloqueou em todo o mundo as contas de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

A ordem faz parte do inquérito das fake news do qual Alexandre é o relator. Ele ordenou que a rede social bloqueasse não só as contas no Brasil, mas também as que estivessem visíveis no exterior.

– A mais recente ordem judicial é extrema, representando riscos à liberdade de expressão fora da jurisdição brasileira e em conflito com leis e jurisdições ao redor do mundo. Devido à ameaça de responsabilização criminal de um funcionário do Facebook Brasil, não tivemos alternativa a não ser cumprir com a ordem de bloqueio global das contas enquanto recorremos ao STF – afirmou o texto divulgado pela rede social.

As contas de 16 apoiadores do governo foram removidas no Twitter e no Facebook nos últimos dias. Uma multa de R$ 1,2 milhão ao dia foi estipulada caso a ordem de impedir o acesso aos perfis continuasse sendo descumprida.

Leia também1 Donald Trump anuncia que vai banir o TikTok dos EUA
2 Moraes eleva valor de multa ao Facebook por desobedecer STF
3 Web se revolta com censura e acusa: #STFVergonhaMundial
4 Ex-Facebook denuncia conluio com STF para censurar direita
5 STF: Allan mostra documentos de "golpe contra Bolsonaro"

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.