Leia também:
X PSD anuncia Rodrigo Pacheco como candidato à Presidência

Exilado, Allan dos Santos cria plataforma com assinatura

No site, é possível contribuir com assinatura de 10 dólares mensais e ter acesso a conteúdos do jornalista

Thamirys Andrade - 23/10/2021 14h31 | atualizado em 25/10/2021 18h03

Terça Livre anunciou fim das atividades Foto: Reprodução/Jovem Pan

O jornalista Allan dos Santos criou uma plataforma virtual após o ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal) determinar sua prisão preventiva e sua extradição dos Estados Unidos.

Por meio do site www.allandossantos.com, os apoiadores do trabalho de Allan poderão contribuir com uma assinatura mensal de dez dólares. A assinatura dá direito a conteúdos produzidos pelo jornalista. Allan está atualmente nos Estados Unidos e teve mandado de prisão expedido a pedido da Polícia Federal (PF).

O editor do Terça Livre é alvo de dois inquéritos no STF: um que investiga a suposta divulgação de fake news e ataques a ministros da Corte e um outro que aponta a possível atuação de uma “milícia digital” que estaria conspirando contra a democracia.

Pelo Telegram, Allan explicou que apoiadores fizeram um site de doações no GoFundMe para ajudá-lo a custear as despesas advocatícias, mas que é ele que administra o site e as doações.

Leia também1 Terça Livre, de Allan dos Santos, anuncia fim de suas atividades
2 Moraes manda e YouTube barra 'canal alternativo' de Allan
3 Allan se apresentará quando a Interpol acatar pedido de Moraes
4 Allan dos Santos repudia Moraes por prisão: "Perseguição abjeta"
5 STF: Veja quais crimes Moraes imputa a Allan dos Santos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.