Leia também:
X Despedida: Corpo do hipster da Federal é enterrado em Brasília

Ex-ministro Pazuello vai para a reserva remunerada do Exército

Com a oficialização da medida, general poderá ser candidato nas eleições deste ano

Paulo Moura - 04/03/2022 12h07 | atualizado em 04/03/2022 12h15

Ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi oficialmente transferido para a reserva remunerada do Exército. O general fez o pedido ao presidente Jair Bolsonaro no dia 21 de fevereiro e teve a solicitação atendida por meio de um decreto publicado na edição desta sexta-feira (4) do Diário Oficial da União (DOU).

Decreto que transferiu Pazuello para a reserva remunerada Foto: Reprodução/Diário Oficial da União

A transferência de Pazuello para a reserva vale, de forma retroativa, desde o último dia 28 de fevereiro. Na prática, o pedido do ex-ministro antecipa a aposentadoria dele da instituição, que seria automática a partir de 31 de março, de acordo com as regras do Exército.

Com a oficialização da ida para a reserva remunerada, Pazuello fica liberado para se candidatar nas eleições de outubro deste ano. Recentemente, Pazuello teve cogitada sua candidatura para disputar uma vaga no Congresso pelo Rio de Janeiro ou Amazonas, estado no qual atuou em parte de sua carreira como general.

Leia também1 PIB fecha 2021 com alta de 4,6%, maior crescimento em 11 anos
2 Zelensky quer que russos protestem contra ataque à usina nuclear
3 Hipster da Federal estava em tratamento contra depressão
4 Carlos Sardenberg e Guga Chacra brigam durante debate
5 MDB desiste de federação com partido União Brasil e PSDB

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.