Leia também:
X Bolsonaro sanciona Lei Henry Borel, que protege menores

Evangélico é indicado pelo PL para vice-presidência da Câmara

Deputado Lincoln Portela venceu a disputa contra Major Vitor Hugo e irá concorrer ao cargo após destituição de Marcelo Ramos

Henrique Gimenes - 24/05/2022 18h08 | atualizado em 25/05/2022 09h18

Deputado Lincoln Portela Foto: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados

Após a destituição de Marcelo Ramos (PSD-AM) da 1ª vice-presidência da Câmara dos Deputados, o Partido Liberal (PL) já definiu qual o nome do partido para disputar o cargo. Trata-se do deputado Lincoln Portela (PL-MG), que foi apoiado pela Bancada Evangélica.

Lincoln Portela disputou e levou a vaga com os votos de 21 deputados do PL. Já Major Vitor Hugo (PL-GO), candidato do governo, conquistou os votos de 19 parlamentares da sigla.

Marcelo Ramos foi destituído do posto nesta segunda-feira (23), após uma decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele derrubou uma liminar que havia concedido ao deputado garantindo que ele continuaria no cargo.

Marcelo Ramos foi eleito para a vice-presidência da Câmara em fevereiro de 2021, quando integrava o PL. No entanto, o deputado deixou o partido no fim do ano passado e ingressou no PSD. Com a mudança de partido, ele acabou sendo destituído.

As eleições estão previstas para esta quarta (25). Além da vice-presidência, também serão escolhidos o novo 2º secretário, do PT, e o novo 3º secretário, do PSDB.

Leia também1 "O presidente deu a ordem por uma live", diz Ramos, destituído
2 Marcelo Ramos é destituído da vice-presidência da Câmara
3 Bolsonaro sanciona Lei Henry Borel, que protege menores
4 Bolsonaro recebe convite de Joe Biden para Cúpula das Américas
5 Bolsonaro recorre ao STF para plenário julgar ação de Moraes

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.