Leia também:
X Bolívia culpa “capitalismo” por falta de vacinas contra a Covid

“Estou me lixando para 2022”, revela Jair Bolsonaro

Em discurso, presidente mostrou preocupação com a situação do Brasil

Henrique Gimenes - 07/04/2021 21h24 | atualizado em 08/04/2021 10h40

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Nesta quarta-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro voltou a mostrar preocupação com a situação do Brasil. Ele disse temer problema “gravíssimos” no país, afirmou que não irá realizar um lockdown nacional e explicou ainda que não se importa com as eleições de 2022.

As declarações foram dadas durante visita a Chapecó, em Santa Catarina. Na cidade, ele se reuniu com o prefeito João Rodrigues (PSD).

– Se eclodir isso no Brasil, o que vamos fazer? Temos efetivo para conter a quantidade de problemas que vamos ter pela frente? E outra: é uma explosão por maldade ou por necessidade? O que devemos fazer para evitar isso daí. Como nos preparar? Não é hora de ver biografia. Estou me lixando para 2022. Vai ter uma pancada de candidato aí. Seria muito mais fácil a gente ficar quieto. Não tocar neste assunto ou atender, como alguns querem, fazer um lockdown nacional. Não vai ter lockdown nacional – apontou.

Em discurso, o presidente também voltou a dizer que não é favorável às medidas de lockdown.

– Apareceram as medidas restritivas. A gente nunca foi favorável a elas, a não ser numa emergência, naquele momento para melhor preparar as unidades de saúde. Lamentavelmente, isso continua valendo. Quem abre mão de um milímetro da sua liberdade em troca de segurança está condenado, no futuro, não ter segurança e não ter liberdade – ressaltou Bolsonaro.

Leia também1 Polícia do Senado ouve Filipe Martins e avalia indiciá-lo
2 "Acredito que o STF dará uma boa resposta sobre abrir igrejas"
3 Bolsonaro: 'Não fiz nada contra a Globo, só não tem mais dinheiro'
4 Bolsonaro: 'Pandemia é, em parte, usada para derrubar o presidente'
5 'Vamos revogar completamente a LSN', diz deputada

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.