Leia também:
X “Tempo vem provando que estávamos certos sobre a Covid”

“Esquerda conseguiu seu George Floyd”, diz Eduardo Bolsonaro

Deputado lamentou a morte ocorrida no Carrefour, mas mostrou preocupação com atos de violência

Pleno.News - 21/11/2020 16h25 | atualizado em 21/11/2020 18h35

Deputado federal Eduardo Bolsonaro Foto: Câmara dos Deputados/Cleia Viana

Neste sábado (21), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) lamentou a morte de João Alberto Silveira Freitas, ocorrida após ter sido espancado por seguranças no estacionamento de um Carrefour em Porto Alegre (RS). No Twitter, o parlamentar disse, no entanto, ter receio de que a esquerda “queira pegar o gancho nesse caso” para “sob pretexto de combater o racismo, de maneira organizada destruir tudo até talvez conseguirem nova constituinte”.

Para ilustrar suas declarações, Eduardo compartilhou um vídeo com um ataque ocorrido em um Carrefour em São Paulo, quando manifestantes quebraram vidraças e atearam fogo dentro do estabelecimento.

O deputado, então, disse que a esquerda conseguiu “seu George Floyd”, em referência à morte do homem que foi o estopim para manifestações do movimento Black Lives Matter nos Estados Unidos (EUA).

– Nosso repúdio ao espancamento fatal no Carrefour. Lula disse que a esquerda brasileira deveria copiar o quebra-quebra do Chile. Conseguiram seu George Floyd para, sob pretexto de combater o racismo, de maneira organizada destruir tudo até talvez conseguirem nova constituinte – ressaltou.

Eduardo Bolsonaro também disse que os interessados em conseguir poder irão chamar os vândalos de manifestantes.

– Aqueles que creem que vale tudo pelo poder irão aderir a atos de vandalismo chamando seus atores coniventemente de “manifestantes” – completou.

Leia também1 Grupo ataca e incendeia loja do Carrefour em São Paulo
2 Carrefour: Histórico tem morte de animal e até corpo ignorado
3 CEO do Carrefour lamenta morte e pede treino para funcionários
4 Homem morto em Carrefour no RS tinha antecedentes criminais
5 Delegada não vê racismo no caso de homem morto em Carrefour

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.