Leia também:
X RJ: Famoso na web, Bunitinho do Sextou é morto a tiros

“Erro grave”, diz Sergio Moro sobre mortes em Paraisópolis

Ministro deu explicações sobre o excludente de ilicitude

Pedro Ramos - 05/12/2019 12h33 | atualizado em 05/12/2019 12h40

Ministro da Justiça Sergio Moro Foto: Isaac Amorim/MJSP

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, classificou como um “erro operacional grave” as nove mortes em um baile funk da comunidade de Paraisópolis, Zona Sul de São Paulo.

– Nesse caso em São Paulo, com todo respeito à Polícia Militar do Estado de São Paulo, realmente é uma corporação de qualidade, elogiada no país inteiro, aparentemente houve lá um excesso, um erro operacional grave que resultou na morte de algumas pessoas. Mas em nenhum momento ali existe uma situação de legítima defesa – disse o ministro.

Moro deu a declaração em um evento realizado pelo jornal O Globo na última quarta-feira (4). Ele ainda explicou que tanto no caso de Paraisópolis, como no assassinato a tiros da menina Ágatha Felix, ocorrido no Rio de Janeiro, o excludente de ilicitude não poderia ser aplicado.

– São situações que não se aplicariam à proposta de excludente de ilicitude colocada no pacote anticrime – declarou o ministro.

Leia também1 Ernesto Araújo: Mercosul não será protecionista e ineficaz
2 Jair Bolsonaro diz que seu programa social é o emprego
3 Câmara desfigura e aprova pacote anticrime de Moro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.