Leia também:
X Jair Bolsonaro diz que seu programa social é o emprego

Ernesto Araújo: Mercosul não será protecionista e ineficaz

Ministro declarou que o governo freou um projeto criminoso

Pedro Ramos - 05/12/2019 10h57

Ministro das Relações Exteriores Foto: Arthur Max/MRE

Nesta quarta-feira (4), durante a abertura de uma reunião dos chanceleres do Mercosul, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou que o bloco não será “protecionista e ineficaz”.

– Acabou o Mercosul protecionista e ineficaz. Não voltaremos às cavernas. O Mercosul deixou de ser um freio e passou a ser um acelerador. Um Mercosul fechado, mal posicionado, que não produz resultados, como garantia de atraso e bandeira de isolamento, não é o que desejamos. O Brasil está pronto para continuar trabalhando com todos por um Mercosul à luz do Sol, e não na caverna. Construir pontes com espírito construtivo, pragmático. Não queremos construir pontes com um passado recente e desastroso – disse o ministro.

O chanceler do Brasil afirmou que o “esquema de empobrecimento, corrupção e criminalidade” foi encerrado. Ele ainda acrescentou que “custou um enorme esforço e queremos ajudar a parar esse trem em toda a região. Os que querem recolocar o trem em marcha temos de chamar de ideológicos. Seria uma completa inversão de valores dizer que a nossa postura é ideológica”.

Leia também1 Jair Bolsonaro diz que seu programa social é o emprego
2 Câmara desfigura e aprova pacote anticrime de Moro
3 Senado aprova prorrogação de isenção de ICMS para templos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.