Leia também:
X Médica Raissa Soares pode ser candidata ao governo da Bahia

Embaixador chinês se reúne com Maia e nega “obstáculo político”

Presidente da Câmara conversou com Yang Wanming sobre envio de insumos da produção de vacina contra a Covid-19

Paulo Moura - 21/01/2021 12h03 | atualizado em 21/01/2021 13h12

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia Foto: Reprodução

Após se reunir com o embaixador chinês, Yang Wanming, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), descartou possíveis obstáculos políticos como motivo para o atraso do envio de insumos para a produção da vacina contra a Covid-19 no Brasil. Segundo ele, houve compromisso do representante da China para acelerar os trâmites para a importação das matérias-primas.

– Ele (Wanming) abriu a conversa já tratando que, de forma nenhuma, haveria obstáculos políticos para exportação dos insumos da China. Falou da importância da relação do Brasil com a China, do governo de São Paulo. Parabenizou o governador João Doria e o Instituto Butantan, pela vacina que já começou a ser utilizada – disse Maia em entrevista a GloboNews.

Maia pediu a audiência com o embaixador após o Instituto Butantan alertar sobre a possibilidade de paralisação da vacinação contra a Covid-19 no país por falta de matéria-prima. A campanha de imunização começou com apenas seis milhões de doses da Coronavac, importadas da China.

O presidente da Câmara disse que os dois conversaram também sobre os insumos para a vacina em produção pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mas disse que não tratou sobre datas específicas para o envio dos insumos ao Brasil.

*Estadão

Leia também1 Maia e Alcolumbre felicitam Joe Biden e Kamala Harris por posse
2 Deputado detona atriz que pediu impeachment de Bolsonaro
3 MP apura convite recebido por Carlinhos para tomar vacina
4 MP dá parecer favorável para afastar Flordelis do mandato
5 Zambelli cobra Maia por pedido de cassação de Flordelis

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.