Leia também:
X Fux ordena prisão de argentino acusado de estuprar o filho

Em vídeo, Gleisi mente sobre suposta “inocência” de Lula

Lula não foi inocentado por nenhum juiz

Pierre Borges - 29/12/2021 17h20 | atualizado em 29/12/2021 17h26

Gleisi Hoffmann Foto: Agência Brasil/ Marcelo Camargo

A deputada federal Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, mentiu em uma mensagem de Natal gravada para a militância do partido. No vídeo, ela comemora a “conquista da liberdade plena e da inocência” do ex-presidente Lula, mesmo sem que qualquer juiz tenha declarado o petista inocente.

De acordo com a coluna Radar, da Veja, o vídeo tem 1 minuto e 50 segundos e também mostra Gleisi criticando o governo Bolsonaro.

ENTENDA
Embora o Supremo Tribunal Federal (STF), de fato, tenha derrubado as ações judiciais contra Lula, a decisão não equivale à declaração de inocência. A Corte entendeu que a competência para julgar os supostos casos de corrupção envolvendo o petista deveriam ser analisados pela Justiça Federal em Brasília, local em que os crimes teriam ocorrido, e não em Curitiba.

A decisão ocorreu em abril deste ano, quando o Supremo declarou o ex-juiz Sergio Moro suspeito na condução do julgamento de Lula. A maioria dos ministros apontou que Moro agiu com parcialidade no caso.

Na teoria, a decisão implica a abertura de um novo processo, feito do início, para julgar Lula na Justiça de Brasília. Na prática, o segundo julgamento pode nunca vir a acontecer, uma vez que o Ministério Público Federal (MPF) já defendeu o arquivamento por prescrição do caso do tríplex.

Mesmo podendo disputar as eleições, Lula terá que enfrentar os processos, caso a Justiça não entenda que houve prescrição dos casos.

Leia também1 Morre o cantor Maurílio, da dupla com Luiza, aos 28 anos
2 Crise na Argentina faz governo aumentar tarifas de luz e gás
3 Fux ordena prisão de argentino acusado de estuprar o filho
4 Bolsonaro avisa que irá disputar jogo de futebol com sertanejos
5 Chuvas na Bahia foram as mais intensas do planeta no período

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.