Leia também:
X Bolsonaro e Lula ficarão lado a lado em debate na Band

Em sabatina, Fernando Haddad minimiza rejeição nas pesquisas

Segundo Datafolha, 30% dos entrevistados não votariam de jeito nenhum no petista

Pleno.News - 19/08/2022 11h32 | atualizado em 19/08/2022 11h43

Fernando Haddad Foto: Lula Marques/Agência PT

Líder no índice de rejeição aos candidatos ao governo paulista, o candidato do PT, Fernando Haddad, minimizou a taxa nesta sexta-feira (19) durante sabatina promovida por Estadão e Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP).

– Agora, eu estou liderando as pesquisas todas – pontuou o petista, que, em relação à rejeição, afirmou que “não existe a possibilidade de um partido forte como o PT não ter algum tipo de rejeição”.

Na última rodada da pesquisa Datafolha, publicada nesta quinta-feira (18), 30% dos entrevistados não votariam de jeito nenhum no petista. Haddad é seguido por Tarcísio de Freitas (Republicanos), rejeitado por 22% do eleitorado paulista, e Rodrigo Garcia (PSDB), com 21% de rejeição.

Haddad justificou que é o candidato mais conhecido, e reconheceu que Tarcísio e Garcia, quando associados a seus padrinhos políticos – Jair Bolsonaro (PL) e João Doria (PSDB), respectivamente – poderão crescer nas pesquisas, “mas também vai aumentar a rejeição”, afirmou.

Segundo o Datafolha, o petista tem 38% das intenções de voto, seguido por Tarcísio, com 16%, e Garcia, que disputa a reeleição, tem 11%.

*AE

Leia também1 Gabriel Monteiro: "Deus me deu o mandato, Deus tomou"
2 PT processa Feliciano, e pastor diz que 'perseguição já começou'
3 Trajano: "Lula não me chamou para vice, mas Ciro chamou"
4 Luiz Fux suspende decisão que tornava Eduardo Cunha elegível
5 Vereador Gabriel Monteiro é cassado pela Câmara do Rio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.