Leia também:
X Covid: Brasil tem queda na taxa de transmissão, diz relatório

Ao STF, governo nega ter sido ‘irresponsável’ na pandemia

Ação foi movida pelo PSDB

Pleno.News - 08/06/2021 21h20 | atualizado em 08/06/2021 22h07

Presidente Jair Bolsonaro se defendeu de acusações no STF Foto: PR/Alan Santos

Após requisição do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), o governo federal enviou documento negando que o Palácio do Planalto tenha sido ‘irresponsável’ ao promover atos políticos com apoiadores durante a pandemia.

O ministro havia dado cinco dias para que o governo se manifestasse em uma ação movida pelo PSDB para obrigar Bolsonaro a seguir as recomendações sobre uso de máscara e distanciamento social. O partido afirma que o presidente age ‘em flagrante desvio de finalidade’ ao descumprir orientações da própria administração pública federal, como o Ministério da Saúde e a Anvisa.

Em 15 páginas, o governo diz ter adotado ‘diversas ações’ para enfrentamento da Covid-19 e defende ser ‘dispensável’ qualquer ordem judicial que se sobreponha aos decretos vigentes.

– A adoção de medidas pelo Governo Federal, capitaneadas pelo Chefe do Poder Executivo Federal, têm por escopo combater o novo coronavírus, o que, por si só, afasta a alegação de irresponsabilidade imputada ao Presidente da República quanto à observância de medidas necessárias ao enfrentamento da pandemia – diz um trecho do documento.

*Estadão

Leia também1 Pará promete vacinar todos os adultos com 1ª dose até fim de setembro
2 Pandemia: Crise fechou 40% dos restaurantes de comida a quilo
3 Copa América terá seleções isoladas e testes a cada 48h
4 Deputado do PSOL quer revogar sigilo do Exército sobre Pazuello
5 Luana Araújo contradiz Queiroga e diz topar acareação

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.