Leia também:
X Presidente do PSDB apoia apurar suspeita de fraude em prévias

Em carta “irônica”, Jefferson diz que contratará esposa de Moraes

Ex-deputado afirmou que a advogada Viviane de Moraes "é a única maneira de virar o jogo naquela caverna"

Paulo Moura - 25/10/2021 07h41 | atualizado em 25/10/2021 13h51

Roberto Jefferson Foto: PTB Nacional/Felipe Menezez

Em uma carta com um tom bastante sarcástico contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-deputado federal Roberto Jefferson ironizou a decisão mais recente dada contra ele pela Suprema Corte. Em julgamento virtual finalizado na última sexta-feira (22), por unanimidade os ministros negaram um habeas corpus pedido pelo ex-parlamentar.

No texto, assinado por Jefferson, com a data da última sexta-feira, e divulgado pelo colunista Guilherme Amado, do site Metrópoles, o ex-deputado ironizou a derrota e afirmou que contratará o escritório da advogada Viviane de Moraes, esposa de Alexandre de Moraes, pois, segundo o político, essa “é a única maneira de virar o jogo naquela caverna”.

– Perdi mais uma no STF. Rapaz, está feia a coisa para mim! Farei uma campanha nacional na internet para arrecadar 3 milhões de reais. Contratarei o escritório de dona Vivi, esposa do Xandão, pois é a única maneira de virar o jogo naquela caverna. Ela é especialista em tribunais superiores, conhece as manhas daquela patota. Vou iniciar a campanha de arrecadação com um saco de filó nas ruas, igual fazia a turma do Lula antigamente. Um dinheiro por favor. Me ajuda! – escreveu.

Ao fim da carta, Roberto Jefferson ainda usou o mesmo trecho bíblico citado por ele em um vídeo que ganhou repercussão na última semana, quando ele utilizou a frase “Oro em desfavor do Xandão”. Por conta da gravação em questão, Alexandre de Moraes pediu esclarecimento das autoridades penitenciárias a respeito das circunstâncias da produção do vídeo.

– Orem, pelo Xandão, o Salmo 109:6-19. Amém – completou o ex-deputado em seu texto.

Neste domingo (24), Jefferson voltou a ser internado no hospital do complexo penitenciário de Bangu após apresentar febre, taquicardia, dor no fígado, baixa pressão, além de acúmulo de líquido nas pernas. A defesa do ex-deputado afirmou que ele corre “grave risco de vida” e pediu ao Supremo Tribunal Federal a sua transferência imediata para um hospital particular na Barra da Tijuca.

Leia também1 Ana Maria Braga é hospitalizada após sofrer queda em casa
2 Presidente do PSDB apoia apurar suspeita de fraude em prévias
3 Ator de Friends morre aos 59 anos, após luta contra câncer
4 Cidades do país têm protestos contra passaporte da vacina
5 Hospitalizado, Jefferson pede licença da presidência do PTB

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.