Leia também:
X STF: Cinco ministros já votaram a favor da Copa América

Em carta a Jair Bolsonaro, juízes indicam William Douglas ao STF

Desembargador e pastor, Douglas é apontado como nome ideal para suceder Marco Aurélio

Thamirys Andrade - 10/06/2021 16h39 | atualizado em 10/06/2021 17h02

William Douglas está na magistratura desde 1993 Foto: Divulgação

Um grupo de 100 juízes e integrantes do Ministério (MP) enviou ao presidente Jair Bolsonaro uma carta solicitando que o desembargador e pastor evangélico William Douglas seja indicado ao STF (Supremo Tribunal Federal). O magistrado, que atua no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), é apontado como um bom nome para suceder o ministro Marco Aurélio devido à sua postura conservadora. As informações são do portal Metrópoles.

– Entendemos que o desembargador William Douglas representa os anseios do povo brasileiro no que diz respeito aos valores intrínsecos ao Estado de Direito, que, por excelência, é democrático; valores esses como o direito à vida, inclusive a intrauterina, a proteção do núcleo familiar, a proteção do bem-estar das nossas crianças, o respeito à liberdade religiosa, dentre outros – escreveu o grupo formado por juízes, procuradores da República, desembargadores federais, estaduais e do trabalho, além de integrantes de MPs estaduais e do Ministério Público Militar.

Mestre em direito, William Douglas está na magistratura desde 1993. Ele é pastor da Igreja Batista Getsemani e já escreveu mais de 50 livros de temáticas que transitam entre fé e intelecto.

O ministro Marco Aurélio Mello se aposentará em julho deste ano. O presidente Jair Bolsonaro prometeu indicar um ministro evangélico para assumir o cargo.

Leia também1 Senador do PT afirma ter denunciado Jair Bolsonaro à PGR
2 Petistas querem mudar nome da Câmara contra "machismo"
3 STF: Cinco ministros já votaram a favor da Copa América
4 Aziz afirma que CPI vai recorrer para ouvir Wilson Lima
5 Saiba quem são os candidatos a assumir a PGR caso Aras saia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.